Quem usa o Uber com alguma frequência sabe que, após as corridas, podemos avaliar os motoristas por meio de um sistema que vai de uma a cinco estrelas. Isso faz com que os profissionais se esforcem para oferecer um serviço melhor, pois notas baixas causam punição para que dirige um Uber.

Menos de quatro estrelas vão banir um usuário e esse sistema já está em fase de testes na Austrália e na Nova Zelândia

Acontece que agora, para que a justiça funcione para os dois lados, os passageiros também vão poder ser banidos do aplicativo caso apresentem notas muito baixas. Sempre que uma corrida termina, o motorista também avalia seu cliente e aqueles que tiverem notas abaixo de quatro estrelas não vão mais poder usar o Uber.

Sem carona

Anteriormente, as notas baixas de passageiros apenas permitiam aos motoristas negar a realização de corridas para eles. Porém, segundo relatou a publicação The Wall Street Journal, menos de quatro estrelas vão banir um usuário e esse sistema já está em fase de testes na Austrália e na Nova Zelândia.

Segundo Susan Anderson, gerente geral do Uber na região, os usuários com menos de quatro estrelas vão ser notificados quando sua nota baixar de quatro estrelas e terão um tempo para tentar recuperar sua avaliação.