Lá nos idos do final dos anos 60, os jovens programadores e amigos de infância Bill Gates e Paul Allen trabalharam juntos em uma versão da linguagem Basic para um dos primeiros computadores pessoais da história da tecnologia, o Altair 8800. Foi mais ou menos nessa época que ambos imprimiram seus primeiros cartões de visita, que agora se tornam peça de museu e ficam expostos ao público no Microsoft Visitor Center, em Redmond, Washington.

Os cartões (note que o nome de Bill está escrito por completo, William) são de 1975, período em que Allen teve a ideia de batizar a companhia que ambos erguiam juntos de “Micro-Soft”, uma alusão à microcomputador — temos que lembrar que, naquela época, as máquinas de processamento de dados eram muito grandes e pouca gente acreditava que chegaríamos aos smartphones como conhecemos atualmente, apenas algumas décadas depois.

Já com o nome Microsoft na cabeça, Gates decidiu largar os estudos na Universidade de Harvard e partir para Albuquerque, como dá para ver no endereço do papel, que tem também os cargos dele como presidente e de Allen como vice. Mas por que Albuquerque? Bem, lá no Novo México, no Sudoeste dos Estados Unidos, é que a Gigante de Redmond nasceu, das cinzas da empresa MITS, que na época fabricava os Altair 8800 para o qual os meninos prodígios desenvolviam software.

microsoft

Os anos entre 1975 e 1980 foram “rebeldes” para Gates, que nessa época tinha 20 e poucos anos e foi flagrado várias vezes dirigindo em alta velocidade nas estradas do deserto da região com carros emprestados — incluindo um Porsche de um amigo. Aliás, sua famosa fotografia tirada na detenção por violação de trânsito vem justamente dessa fase.

bill gates

Em 1979, A Microsoft então se mudou para Bellevue, Washington, na região metropolitana de Seattle, perto de onde Gates e Allen cresceram juntos. Naquele mesmo ano, Gates realizou um sonho e comprou seu primeiro veículo: um Porsche 911 — e levou mais três multas por excesso de velocidade, duas vezes com o mesmo policial, durante a mudança de Albuquerque.

Em 1985, a companhia deixou Bellevue e estabeleceu seu campus em Redmond, onde está até hoje e planeja uma grande expansão de sua estrutura até 2023. Quem diria que um cartão de visita que parece um outro qualquer guardaria tanta história, não?