As expectativas dos investidores eram altas, mas infelizmente a Netflix não conseguiu mostrar os resultados que eles esperavam e isso causou uma certa "fuga monetária". Basicamente, este é o resumo do que aconteceu na tarde desta segunda-feira na bolsa de valores em que estão os papéis da companhia dona da maior plataforma de streaming do mundo.

A Netflix divulgou hoje os relatórios fiscais que mostram todos os números da empresa. Era esperado que ela mostrasse um grande crescimento no número de novos usuários em relação ao trimestre anterior, mas a base da empresa não cresceu na mesma proporção das expectativas dos investidores. 

Globalmente, a Netflix cresceu em 5,1 milhões de novos consumidores e era esperado um número bem maior: 6,3 milhões. Esse número levou outros para baixo: dos US$ 4,13 bilhões esperados de receita, apenas 3,99 bilhões foram atingidos. Nos "ganhos por ação", a queda foi dos US$ 0,72 esperados para os US$ 0,68 reais.

Netflix

Com tudo isso, muitos investidores acabaram colocando seus papeis para negociação. E como você pode imaginar, o aumento da oferta faz com que haja certa desvalorização destes papeis, que chegaram a cair 14% durante a tarde — com recuperação parcial, sendo que no fechamento desta matéria havia uma queda de 4,65% em relação à abertura da bolsa.

Na carta aos investidores, a Netflix tranquiliza seus parceiros. Os diretores da companhia afirmam saber que os números estiveram menores que o esperado, mas não deram muitos detalhes a mais, apenas reforçaram que "às vezes a companhia consegue superar as previsões e outras não".