Dell vai voltar a ser uma empresa de capital aberto, confirmou um anúncio feito nesta segunda (2). A companhia havia fechado seu capital em 2013, com o objetivo de se reorganizar sem precisar lidar com pressões externas dos investidores, mas sempre deixou claro que pretendia voltar a público no futuro.

Um plano foi elaborado pela empresa para comprar seu próprio tracking stock por US$ 21,7 bilhões (R$ 84,9 bilhões), manter o controle da firma VMware e começar a vender suas ações na bolsa de Nova York. Com as mudanças, a Dell também espera aumentar a velocidade com que paga suas dívidas.

De acordo com a companhia, o momento é positivo para abrir o capital novamente. As receitas da empresa subiram 19% no último trimestre, se comparado com o mesmo período do ano passado, ela pagou dívidas na ordem de US$ 13 bilhões (R$ 50 bilhões) e reduziu as despesas. A expectativa é que os investidores públicos confiem o suficiente na situação atual para colocar dinheiro na companhia.