Segundo a consultoria IDC, o mercado de computadores pessoais está aquecido no Brasil, tendo registrado um crescimento de 21% no primeiro trimestre de 2018 na comparação com o mesmo período de 2017. Com isso, foram vendidas mais de 1,3 milhão de PCs no país entre janeiro e março deste ano, sendo que o preço médio das máquinas por aqui diminuiu um pouco, saindo de R$ 2.277 em 2017 para R$ 2.245 em 2018.

Como não houve aumento significativo do dólar no período, fabricantes e varejistas conseguiram manter os mesmos preços de 2017

Wellington La Falce, analista de pesquisa da IDC Brasil, explicou que houve uma manutenção nos preços de computadores no Brasil de 2017 para 2018 porque o dólar se mante relativamente estável nesse período, evitando um aumento no custo de importação de componentes não fabricados localmente. “Normalmente, há uma queda nas vendas de PCs no primeiro trimestre do ano. Como não houve aumento significativo do dólar no período, fabricantes e varejistas conseguiram manter os mesmos preços de 2017, o que explica o movimento de vendas favorável”, comentou La Falce.

Ainda segundo dados do IDC, o segmento de computadores pessoais é composto majoritariamente por aparelhos portáteis, os notebooks. Eles representaram 69,3% de todas as vendas no primeiro trimestre de 2018, enquanto os desktops comuns ficaram com 30,7%. Em receita, os PCs movimentaram R$ 3,01 bilhões, 22,6% a mais do que no primeiro trimestre de 2017, quando os equipamentos geraram R$ 2,51 bilhões.

Fabricantes e varejistas devem realizar ações para que o consumidor adiante suas compras durante este ano

Para o ano de 2018 inteiro, a expectativa da IDC é de que o mercado cresça 5% em relação ao ano passado. “Fabricantes e varejistas devem realizar ações para que o consumidor adiante suas compras durante este ano, já que há muitas incertezas em relação à 2019 que podem impactar no poder de compra do consumidor”, finaliza La Falce.

A IDC não revelou informações sobre quais marcas vendem mais no Brasil, mas empresas como Dell, Positivo, HP e Lenovo normalmente dividem o topo da lista das mais procuradas pelo consumidor local.

Cupons de desconto TecMundo: