De acordo com informações da CNBC publicadas hoje (05), a Google também teria entrado na disputa para comprar o GitHub, uma das plataformas para desenvolvedores de software livre mais populares do mundo. Contudo, parece que a Gigante das Buscas não teria conseguido bater a oferta da Microsoft, que teria chegado aos US$ 7,5 bilhões.

Não se sabe, contudo, quanto a Google teria oferecido pela aquisição da plataforma, mas é interessante destacar que tanto ela quanto a Microsoft poderiam se beneficiar controlando o GitHub. A Google, por exemplo, comanda o maior projeto de software livre do mundo, o Android Open Source Project, e a Microsoft tem investido cada vez mais nesse tipo de projeto desde que Satya Nadella assumiu o comando da empresa como CEO.

A Microsoft é uma empresa focada nos desenvolvedores, e ao juntar forças com o GitHub nós reforçamos nosso comprometimento com a liberdade do desenvolvedor, abertura e inovação

A Microsoft inclusive vem incentivando o desenvolvimento de aplicações para integração do Windows com o Linux para facilitar a vida de técnicos de TI e desenvolvedores que precisam trabalhar com máquinas nas duas plataformas.

“A Microsoft é uma empresa focada nos desenvolvedores, e ao juntar forças com o GitHub nós reforçamos nosso comprometimento com a liberdade do desenvolvedor, abertura e inovação”, comentou Nadella em um comunicado oficial após a confirmação da aquisição.

Ainda não se sabe quais são os planos da Microsoft para o GitHub, mas é provável que a empresa mantenha a plataforma independente e ajude-a a crescer e ganhar novas ferramentas, como aconteceu com o Mojang — criadora do Minecraft — e com o LinkedIn.

Cupons de desconto TecMundo: