Microsoft está preparando uma linha mais barata de produtos com a marca Surface para competir com o iPad da Apple. As informações são de fontes próximas da indústria que foram ouvidas pela agência de notícias Bloomberg. A especulação é de que os novos tablets — ou como quer que a empresa resolva nomeá-los — sejam anunciados no segundo semestre deste ano.

Ainda de acordo com a agência, os aparelhos terão telas de 10 polegadas, preço próximo dos US$ 400, visual com cantos arredondados e conexão USB-C, algo ainda pouco comum na linha Surface. O processador e o chip gráfico serão fornecidos pela Intel e a bateria deve render cerca de nove horas de uso. Eles serão mais leves que os modelos mais caros e devem vir com opções de 64 GB e 128 GB de armazenamento, além de conexão 4G.

Fontes próximas da indústria afirmam que o lançamento deve acontecer no segundo semestre deste ano.

O possível preço mais acessível é o principal sinal de que a Microsoft estaria tentando competir com o último iPad lançado pela Apple, que foi focado principalmente no mercado de educação. A grande diferença é que os novos Surface virão de fábrica com o Windows 10 Pro (não há informações sobre ter ou não o modo Windows 10 S ativado por padrão) e serão acompanhados por versões também mais baratas de mouse, teclado destacável e caneta stylus.

Embora ainda esteja longe de gerar a mesma receita que o iPad (US$ 20 bilhões no ano passado), a linha Surface apresentou um crescimento de 32% no último trimestre, o que indica que o interesse pelo hardware da Microsoft continua em alta. Como acontece com a maioria dos rumores desse tipo, a empresa não quis comentar o caso.

Cupons de desconto TecMundo: