De acordo com informações do Wall Street Journal, o Telegram teria cancelado sua ICO ou oferta inicial de criptomoeda, na qual venderia esses ativos para o grande público. Não se sabe, contudo, se a empresa desistiu de vez de fazer sua criptomoeda circular no mercado, considerando que a desenvolvedora do mensageiro já havia conseguido US$ 1,7 bilhão em pré-vendas privadas para investidores.

Dessa maneira, existe a possibilidade de o Telegram ter desistido apenas de fazer a venda diretamente para o grande público. As moedas compradas pelos investidores talvez entrem nas corretoras eventualmente.

Legislação

Segundo a fonte do Wall Street Journal, o Telegram teria cancelado sua ICO por conta de novas regulamentações que apareceram no mercado de criptomoedas desde janeiro, quando os primeiros rumores de que o mensageiro faria uma oferta pública de moedas começaram a circular na web.

Seja como for, todo o dinheiro arrecadado ainda deve ser revertido para o projeto Open Network do Telegram, que tem como objetivo continuar o financiamento do Telegram e ajudar a desenvolver novas ferramentas. Eventualmente, essa rede também deveria ser utilizada como processadora de pagamentos alternativa a marcas como Visa ou MasterCard.

Cupons de desconto TecMundo: