A Apple é a segunda maior fabricante de smartphones do mundo, atrás apenas da Samsung. Visando fortalecer ainda mais a sua posição nessa disputa, especialmente na terra natal da rival, a Coreia do Sul, a companhia estadunidense acaba de anunciar Brandon Yoon como o seu novo executivo.

Yoon já trabalhou na Microsoft e, recentemente, foi vice-presidente da Samsung Electronics. Ou seja, para jogar fora de casa, a Apple contrata um ex-funcionário de sua principal adversária no mundo dos dispositivos portáteis e Yoon é o novo responsável por comandar os negócios da Maçã no país asiático como presidente da Apple Korea.

Além de pensar em estratégias para convencer o povo sul-coreano de que o iPhone é melhor do que os Galaxy de ponta, o novo chefão da Apple na Coreia do Sul tem como missão melhorar o relacionamento da companhia com as autoridades locais. O Bloomberg informa que a empresa pode ser penalizada pelas autoridades graças a supostas práticas abusivas de marketing junto a operadoras parceiras.

Ainda de acordo com a publicação, a Apple detém atualmente apenas 18% de participação do mercado sul-coreano contra 56% da Samsung. Vale lembrar, também, que há o duelo contra outra grande companhia local, a LG, e contra as empresas chinesas, sempre marcantes em todo o mercado asiático.

Cupons de desconto TecMundo: