A Divisão da Califórnia de Segurança e Saúde Ocupacionais está investigando a Tesla, de Elon Musk, após denúncias sobre as condições de trabalho na planta da empresa no mesmo estado. Nenhuma outra informação mais detalhada sobre o que iniciou a investigação foi apurada, mas a empresa se manifestou publicamente por meio de uma publicação onde afirma ser inocente e que aquela não é a imagem verdadeira da Tesla.

Espera-se que a investigação dure cerca de seis meses e, dependendo do resultado, pode gerar altas multas para a Tesla

Segundo o órgão responsável pela fiscalização do trabalho no estado norte-americano, trata-se de alegações feitas a respeito de riscos no local de trabalho e notificações de acidentes e doenças relacionados à atividade profissional, informou a publicação Bloomberg. Além disso, a Tesla teria falhado em relatar alguns “ferimentos graves, o que viola as leis locais.

A empresa, por sua vez, disse que o relatório da Divisão da Califórnia de Segurança e Saúde Ocupacionais é "um ataque ideologicamente motivado por uma organização extremista que trabalha diretamente com os apoiadores do sindicato para criar uma campanha de desinformação calculada contra a montadora”. Espera-se que a investigação dure cerca de seis meses e, dependendo do resultado, pode gerar altas multas para a Tesla.

Cupons de desconto TecMundo: