A morte causada por um veículo autônomo da Uber em Tempe, no Arizona, ainda repercute. Porém, esse assunto pode ter sido “resolvido” em relação à família da vítima, segundo o que afirma Cristina Perez Hesano, advogada dos familiares de Elaine Herzberg.

Nenhuma informação sobre o que ficou acordado foi divulgada para a imprensa. Inclusive, um porta-voz da Uber se recusou a comentar sobre o assunto. Porém, é até compreensível essa atitude devido à repercussão do acidente, principalmente pelo fato de ter envolvido um veículo autônomo.

Uber 1

Muita coisa a ser desvendada

polícia de Tempe ainda está trabalhando na investigação das causas do acidente, em parceria com a Uber e os conselhos e departamentos de segurança e trânsito dos Estados Unidos.

Toda essa situação gerou imensa repercussão negativa para a companhia, o que fez com que até mesmo o governador do estado do Arizona suspendesse a autorização que a Uber tinha para testar os seus carros autônomos nas estradas locais. A maior justificativa dele foi que o vídeo da colisão é “perturbador e alarmante”.

atropelamento

E aí, o que você acha que deve ser feito em relação à regulamentação desse tipo de veículo? Deixe a sua opinião nos comentários.