Em 2017, a Apple divulgou que adicionaria um suporte para GPUs externos ao MacOS. Agora, pouco menos de 1 ano depois, a novidade chegou oficialmente. O suporte para placa gráfica externa permitirá que os usuários aumentem o processamento gráfico, por meio de uma placa gráfica externa conectada através do Thunderbolt 3.

Ou seja, a atualização do MacOS High Sierra vai permitir que o usuário conecte várias placas gráficas ao Mac pela porta Thunderbolt 3 e usar esse poder adicional para agilizar os processos, como jogos e edição de vídeos — inclusive, a Apple destacou o seu uso para Realidade Virtual (VR).

1

Antes, os usuários precisavam comprar um kit de eGPU da marca ou utilizar meios não oficiais para utilizar placas gráficas externas; e, se algo errado ocorresse, a Apple não oferecia suporte ou garantia. Agora, o recurso vem por meio da atualização do Combo High Sierra 10.13.4, que também adiciona Business Chat in Messagens, um novo iTunes e um recurso para o Safari, onde os usuários podem ir para a aba mais à direita usando a tecla de comando “Command + 9”.

Vale dizer que, ainda, há várias limitações em relação ao que você pode fazer com GPUs externas. Por um lado, apenas os modelos selecionados são oficialmente suportados. Além disso, a Apple está suportando algumas das placas Randeon, da AMD. Ou seja, em uma GeForce não funcionará, apesar de algumas pessoas estarem utilizando o recurso na versão Beta, o que não significa que continuará funcionando.

2

Ou seja: será necessário ter um Mac novo o bastante para suportar as novidades, levando em consideração que as GPUs externas contam com as velocidades rápidas fornecidas pela Thunderbolt 3, incluindo os MacBooks Pros 2016 e 2017, além dos iMacs 2017 e iMac Pro.

Se você deseja ter um computador ainda melhor e um pacote mais leve e mais energia quando se conectar, vale a pena gastar um pouco mais para fazer o update.