Imagine se um dia a atual volatilidade da Bitcoin fosse superada, o suficiente para que ela se tornasse a moeda predominante, não somente para realizar transações digitais mas também para comprar aquele cafezinho na esquina, comprar brinquedos, pagar contas, enfim, fazer tudo o que fazemos com dinheiro físico. Essa é a aposta de Jack Dorsey, CEO do Twitter e da firma de processamento de cartões de crédito Square.

Bitcoin ainda não tem capacidade para se tornar uma moeda eficaz para transações rápidas e fáceis, diz Dorsey

Dorsey acredita que a criptomoeda se tornará tão popular quanto o dólar e poderá até mesmo vir a ser uma “moeda universal”, predominante sobre as outras e aceita em qualquer parte do globo. “O mundo finalmente terá uma moeda única, a internet terá uma moeda única. Pessoalmente, acredito que será a Bitcoin. Isso poderia acontecer em mais de dez anos e até antes”, disse, em entrevista ao The Times.

Além de investidor da Bitcoin, ele fundou uma startup chamada Lightning Labs, que conta com tecnologia especializada para facilitar e diminuir os custos da moeda digital. Algo que também poderia funcionar ao lado da sua outra companhia, a Square. Interessado no sucesso desse mercado, ele afirma que, por enquanto, a Bitcoin “não tem capacidade para se tornar uma moeda eficaz” para transações fáceis e rápidas.

Jack Dorsey TwitterJack Dorsey

“Atualmente é demorado e caro, mas quanto mais e mais pessoas tiverem (a Bitcoin), mais rápido esses problemas irão embora. Existem tecnologias que se baseiam em blockchain e que tornam a moeda mais acessível.” Bem, por enquanto, a Bitcoin sofre com a instabilidade e, ao lado de outras criptomoedas, ainda geram muita incertezas e insegurança no mercado. E você, o que acha da previsão de Dorsey? Teria a Bitcoin ou outra opção digital o potencial para se tornar mais popular que o dólar ou uma “moeda universal”?

Cupons de desconto TecMundo: