A blockchain da Bitcoin está recheada de conteúdo ilegal e criminoso, como nota uma pesquisa publicada pela RWTH Aachen University, da Alemanha. Isso significa que, se uma pessoa realizar o download da blockchain, ela pode estar violando dezenas de leis nacionais e internacionais.

Como mostra a pesquisa, o conteúdo armazenado envolve desde materiais com direito autoral até imagens de abuso sexual de menores de idade. Vale notar que especulações sobre esse tipo de conteúdo existem desde 2013, porém, a RWTH trouxe algumas comprovações com sua pesquisa.

Isso significa que, teoricamente, os PCs com a blockchain podem acabar rodando pedaços dos arquivos ilegais ou criminosos

"Nossa análise mostra que certos conteúdos, como pornografia infantil, podem render a posse de um blockchain ilegal", explicam os pesquisadores, que ainda sugeriram o seguinte: não há uma lei específica para o caso, porém, a pornografia infantil pode acabar tornando a própria blockchain ilegal.

Agora, qual a preocupação sobre o caso? De maneira resumida, a blockchain fica armazenada entre máquinas, não em um servidor central de computador. Isso significa que, teoricamente, os PCs com a blockchain podem acabar rodando pedaços dos arquivos ilegais ou criminosos.

Será que isso pode arranhar a imagem das criptomoedas? Qual será o próximo passo? Deixe sua opinião nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: