A queda vertiginosa no valor do Bitcoin ocorrida nos últimos dias parece ter levado vários dos maiores bancos norte-americanos a desistirem das criptomoedas como um todo. Isso porque, de acordo com o jornal Bloomberg, nomes de peso como Bank of America, JP Morgan Chase e até Citigroup deixaram de aceitar a compra dessas moedas digitais usando seu cartão de crédito. O principal motivo? A natureza excessivamente volátil delas.

Isso, é claro, não é o único fator relevante para tal decisão. Segundo um porta-voz da JPMorgan, por exemplo, o banco não quer lidar com os riscos associados à compra de criptomoedas, com problemas que incluem o desafio de ficar atento a cada compra e transação ou o risco de alguém comprar mais do que pode pagar.

Além disso, as companhias têm chances quase zero de recuperarem seu dinheiro caso ladrões usam cartões roubados para fazerem compras na forma de criptomoedas – o que é obviamente um dos maiores riscos envolvidos com o investimento.

Visto que vários outros bancos também já aboliram as transações com bitcoins e outros tipos de moedas digitais, é provável que o cenário só continue a piorar para as criptomoedas.