Em mais um caso de "se juntos já causam, imaginem juntos", o Google anunciou hoje que completou o processo de aquisição da divisão mobile da HTC - por USD 1,1 bilhão - anunciado em setembro do ano passado.

E o que isso significa para a linha de celulares, homespeakers e outros produtos Made by Google?

Basicamente, os novos funcionários da gigante de Mountain View trazem décadas de experiência nesse mercado. A HTC foi responsável por introduzir uma série de novidades nos smartphones (3G, corpo metálico, touch screen na tela inteira). Apesar dos novos crachás, o time que chega ao Google (mais de 2 mil engenheiros) já havia trabalhado nos elogiados Pixel e Pixel 2.

#Partiu Pixel 3?

A compra da HTC e incorporação de seus colaboradores deve aumentar a relevância da empresa no continente asiático. O acordo ainda prevê que a gigante das buscas tenha acesso às patentes da companhia de Taiwan.

Pixel 2

Em um post no blog oficial da companhia, o VP Sênior de Hardware, Rick Osterloh comentou a chegada no terceiro ano da linha de produtos "made by "Google".

Hoje, nós começamos a nos aprofundar com nossos novos colegas na missão de criar experiências radicalmente úteis para pessoas de todo o mundo, combinando o melhor da IA, software e hardware do Google.

Curtiu o texto? Saiba que isso é só um gostinho do que é publicado diariamente na newsletter do The BRIEF, que traz as principais notícias do mercado de tecnologia pra você, todas as manhãs. É serious, é business, mas com um jeitão bem descontraído (#mozão). Para assinar, é só clicar ali -> aqui

Google finaliza acordo de compra da divisão mobile da HTC via The Brief

Cupons de desconto TecMundo: