A semana está pesadíssima para as criptomoedas. Depois de várias delas terem uma queda absurda na cotação, temos um serviço de investimento em moeda virtual saindo de circulação. A BitConnect decidiu desligar seu serviço de investimento em bitcoins - notícia que derrubou a cotação da moeda virtual BitConnect Coin (BCC).

A decisão aconteceu depois de meses de denúncias de que a criptomoeda operava em sistema de pirâmide nos seus investimentos. A plataforma prometia remunerar os investidores com 1% ao dia para para quem investisse na BCC - e essa grana seria usada para lucrar com bitcoins.

O modelo de remuneração só poderia ser mantido por meio da entrada de novos investidores, por isso vários membros da própria comunidade de criptomoedas acusaram a BitConnect de esquema de pirâmide.

Com o encerramento desse formato de investimento, a BCC perdeu quase todo o seu valor e chegou a custar US$ 5 ontem. Nessa quinta (18) a moeda já está em um patamar bem melhor, sendo cotada a US$ 45, segundo o CoinMarketCap.

Dito isso, tem polêmica: todo o saldo dos usuários foi convertido na criptomoeda usando a taxa de conversão de US$ 363,62 por moeda. A cotação foi definida de acordo com o valor médio da moeda nos últimos 15 dias, afirma a BitConnect.

Em um post no site oficial (que você pode ver aqui) a companhia culpa a pressão de órgãos reguladores, a cobertura negativa da imprensa e afirma que vai operar apenas como serviço de carteira, com notícias e conteúdo para efeitos educacionais.

O fórum do serviço no Reddit também foi fechado, após usuários postarem mensagens pouco educadas sobre suas perdas. Fim da história? Nada disso! A BitConnect oferece uma outra moeda, a BitConnectX (BCCX), que segue operando nos mesmos termos das outras criptomoedas, só que com o pagamento de juros. Será que vale a pena arriscar?

BitConnect fecha plataforma de investimento após acusações de fraude via The Brief