O valor do bitcoin não para de subir nem de bater recordes. Agora, menos de 24 horas depois de passar da casa dos US$ 10 mil a unidade, a moeda que até o fim de 2016 valia menos US$ 1 mil já passou de US$ 11 mil. O feito aconteceu nesta quarta-feira (29), às 8h55 (horário de Brasília), quando uma alta de 10,35% levou a cotação da moeda para US$ 11.000,92.

Menos de um dia depois de chegar a US$ 10 mil, cotação do bitcoin bate novo recorde e vale US$ 11 mil

Para se ter uma ideia do desempenho absolutamente absurdo do bitcoin apenas nesta semana, no último final de semana a moeda batia um novo recorde ao ultrapassar a barreira dos US$ 9 mil pela primeira vez. De acordo com o Business Insider, todo o universo das criptomoedas vale, hoje, mais de US$ 330 bilhões, valor que não deve parar de aumentar tão cedo.

Essa “explosão” do preço do bitcoin reforça as previsões de quem acredita na formação de uma bolha que pode estourar em breve. Além dessa possibilidade, as moedas criptografadas vêm recebendo duras críticas, com as feitas pelo presidente do banco JP Morgan, que chamou o bitcoin de fraude.

Cupons de desconto TecMundo: