A briga entre iOSAndroid pode ter dado um passo a mais hoje: a Apple estaria processando a Qualcomm por quebra de patente na produção de seus processadores. A linha de chipsets Snapdragon é uma das mais populares a dar vida para uma grande quantidade de smartphones com sistema operacional Android.

A batalha nos tribunais entre as duas empresas, porém, não é novidade. Em fevereiro desse ano, a Qualcomm processou a Apple por uma quebra de contrato, alegando que a fabricante do iPhone teria fornecido informações confidenciais para a Intel. Depois, em julho, acusou a empresa de violar suas patentes de duração de bateria.

Guerra de processos

A Apple começou a buscar essas patentes anos antes da Qualcomm

A devolução foi na mesma moeda, com a Maçã acusando a empresa de violar cerca de oito patentes – também relacionadas à duração de bateria – com os processadores Snapdragon 800 e 820. As patentes da Apple envolvem garantir que cada parte do processador de um smartphone utilize apenas a energia mínima necessária, desligando partes do chipset quando elas não são necessárias e fazendo com que as funções de economia de energia funcionem melhor.

“A Apple começou a buscar essas patentes anos antes da Qualcomm”, afirmou a empresa em sua queixa oficial. É difícil analisar quem vai acabar saindo por cima dessa briga, mas a Qualcomm tem um retrospecto um pouco negativo: já enfrenta diversas acusações de práticas comercias anticompetitivas, entre outros problemas na justiça.

Cupons de desconto TecMundo: