O TecMundo realizou uma pesquisa com os leitores para traçar o perfil de comportamento dos consumidores brasileiros em relação à Black Friday um dos maiores eventos de compras do mundo, movimentando também altíssimas quantias de dinheiro no e-commerce brasileiro.

É possível observar uma resposta um pouco mais otimista em relação ao cenário econômico (em comparação ao mesmo período em 2016), mas ainda é bem evidente que a grande maioria dos consumidores encara as ofertas da Black Friday com parcimônia e orçamentos estudados — o que resulta em decisões menos impulsivas.

Black Friday

Para 40,5% dos leitores, as compras na Black Friday vão acontecer apenas se houver produtos bons com preços realmente mais baixos do que os vistos anteriormente. Um volume um pouco menor (34,5%) afirma que está à espera da data para fazer várias aquisições; e apenas 25% das pessoas dizem ter pouco interesse nas promoções, o que resultará em nenhuma compra ou apenas aquelas com ofertas muito impactantes.

Smartphones no topo do ranking

Assim como vimos no ano passado, em 2017 o queridinho dos consumidores é o segmento de smartphones — nada menos do que 46% dos nossos leitores afirmam que os celulares estão em suas listas de compras para o evento. A segunda colocação fica com os acessórios de informática e mobile (que incluem mouses, teclados e fones), com 45% das respostas. Dispositivos de hardware fecham o pódio com 44%.

tabela

Mais abaixo, podemos observar os consoles e jogos de videogame, com 39% das citações. Notebooks fecham o top 5 com 27%. Abaixo deles, TVs (21%), roupas (17%), eletrodomésticos (17%), tablets e eReaders (14%), artigos esportivos (9%), móveis (9%), viagens (7%), perfumes (7%) e produtos de beleza (4%) completam o ranking.

Grandes responsáveis pelas compras

Mais da metade dos leitores (56%) afirma utilizar ferramentas especializadas em monitoramento de preços para fugir de ofertas falsas — o que inclui a extensão do TecMundo Descontos. Sites de busca (49%) e sites de confiança (37%) também constituem uma grande parte das fontes de pesquisa. Redes sociais e indicações de amigos ficam mais abaixo (com 17% e 14%, respectivamente).

tabela

Quando perguntamos sobre os fatores que levam os consumidores a optarem por uma ou outra aquisição durante a Black Friday, o resultado surge sem qualquer surpresa. Para 72% das pessoas, não há nada mais importante do que o preço nesse caso. É válido mencionar também que 48% das pessoas que não costumam comprar na Black Friday possuem esse comportamento por nunca terem encontrado preços realmente bons.

Apenas 12% consideram a reputação da loja como o fator principal, e somente 5% citam o produto como o grande diferencial — mesma porcentagem vista em “condições de pagamento”. Frete e tempo de entrega fecham a lista, ambos com 2%.

E você… Já está com a carteira preparada?

Cupons de desconto TecMundo: