A rede de supermercados online Walmart vai apostar em uma estratégia extremamente arriscada nos Estados Unidos, ainda mais em 2017. A companhia já está aumentando os preços de produtos na loja online, que é bastante popular e vende de tudo, desde eletrônicos e móveis até alimentos e materiais de higiene diária. Os valores dos mesmos itens nas lojas físicas permanecerão inalterados.

O objetivo, segundo o The Wall Street Journal, é atrair clientes para as lojas físicas do Walmart, convencidos a economizar. Um pacote duplo do macarrão instantâneo Betty Crocker Hamburguer Helper, por exemplo, custa US$ 3,30 no site, mas é encontrado a até US$ 2,50 em determinadas lojas físicas.

O site ainda vai trazer avisos de que determinado produto pode ser encontrado mais barato nas unidades físicas próximas de onde você estiver acessando a página.

Faz sentido?

Após a publicação da reportagem original, a recepção do público foi bastante negativa — muita gente se mostrou incrédula que uma empresa desvalorizaria a própria loja online em pleno 2017.

O problema seria que a grande rival, a Amazon, está cada vez mais ameaçadora com estratégias de compras físicas (com a mercearia sem atendentes, a compra da Whole Foods e o entregador que deixa o pacote dentro da sua casa, por exemplo) e continua sólida no comércio eletrônico.

Além disso, pequenas compras de produtos perecíveis e pequenos custariam bastante para o Walmart em transporte de uma cidade dos Estados Unidos para a outra, e sugerir a loja física pode ser econômico para os dois lados. Por enquanto, pode ficar tranquilo: não há qualquer indicativo de que a estratégia será expandida para outros países.

Cupons de desconto TecMundo: