Chefe de lojas da Apple nega que será substituta de Tim Cook como CEO

1 min de leitura
Imagem de: Chefe de lojas da Apple nega que será substituta de Tim Cook como CEO
Avatar do autor

Há algum tempo, rumores indicam que Tim Cook será substituído do cargo de CEO da Apple por uma das executivas mais elogiadas da empresa: Angela Ahrendts, vice-presidente sênior do setor de vendas da companhia, tanto da loja online quanto das Apple Stores.

Mas será que isso é mesmo verdade? Em uma entrevista em vídeo para o site Buzzfeed, Cook e Ahrendts — lado a lado — comentaram os boatos e falaram sobre outros temas relacionados à Maçã.

A gerente negou a troca e se limitou a dizer que a informação é "fake news" e "boba". Mas Cook foi mais elaborado e até misterioso na resposta. "Vejo meu papel como CEO de preparar quantas pessoas eu puder para serem CEO, e é isso que tenho feito. E aí o conselho tomará uma decisão quando chegar a hora", diz o atual chefe executivo.

Qual é a chance?

Cook tem recebido muitas críticas por parte de imprensa e fãs por conta do gerenciamento atual da Apple — marca é criticada constantemente por não ser mais a mesma em termos de inovação. E é aí que entra Angela, já que ela é a responsável pelas atuais mudanças nas Apple Stores, transformando as lojas físicas em verdadeiros espaços de convivência para a comunidade.

Porém, é como Tim Cook afirmou: quem toma essa decisão é o conselho da Apple. Angela é funcionária da Apple desde 2014, após ter sido CEO da marca de moda Burberry.

Meu papel como CEO é preparar quantas pessoas eu puder para serem CEO, e é isso que tenho feito

Na conversa, a dupla aborda também o envolvimento com a administração Trump ("Ficamos de fora da política, mas nos engajamos em discussões políticas") e o estoque do iPhone X ("Trabalharemos o máximo que pudermos para produzir o maior número possível"). Você pode conferir a entrevista completa neste link — em inglês.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Chefe de lojas da Apple nega que será substituta de Tim Cook como CEO