Inovação é uma palavra constante no vocabulário de empresas e profissionais, seja no ramo da tecnologia ou em qualquer outra vertente do mercado. Ela é a chave para o crescimento econômico e para assegurar a competitividade.

Mas inovar não é algo fácil e, por isso, muitas pessoas buscam inspiração em líderes do mercado e profissionais que conseguiram fazer a diferença. E é esse tipo de especialistas que a conferência Friends of Tomorrow vai trazer. O encontro, idealizado pela Aerolito, acontece neste sábado (5), em São Paulo, e apresenta as principais tendências sobre Futuro do Trabalho, Novas Tecnologias, Pensamento Pós-digital e Metodologias de Exploração de Futuro.

Enquanto o Friends of Tomorrow não entra em cena, separamos algumas dicas para quem quer inovar. A letra é dada por Mojdeh Poul, presidente da 3M canadense — uma empresa que começou sua jornada em 1902, em Minnesota (EUA), e que, como a própria executiva comenta, se adapta e inova há 115 anos.

Para ela, inovação deve ser prioridade para os negócios, mas não é algo simples. Então, aí vão algumas sugestões dela.

1. Primeiro de tudo, defina “inovação”

“Para mim, inovação significa criação de valor  para nossos clientes, para a empresa, para investidores. Quando você inova uma solução que é capaz de endereçar de forma única uma necessidade não atendida, você cria o valor que oferece à sua empresa uma vantagem competitiva”, aponta.

Na 3M, a executiva conta que o trabalho é feito em conjunto com clientes e fornecedores para transformar grandes ideias em soluções práticas, úteis. Definir o que é inovação, portanto, é o primeiro passo para estabelecer para onde os esforços serão direcionados, qual caminho deve ser seguido.

2. O cliente em primeiro lugar

"Você não precisa ser uma empresa baseada em ciência para ser inovadora", afirma Mojdeh. "Mas você precisa se concentrar em inovação prática e engajar consumidores no início do processo para garantir que está desenvolvendo soluções que trazem valor", completa. É aquela antiga história de que o cliente deve ser colocado no centro da estratégia.

Quem quer ser bem-sucedido no ramo da inovação tem de criar soluções com o intuito de estancar feridas, de ser útil. "A inovação de sucesso atende a uma necessidade e, portanto, tem um mercado, e a melhor maneira de garantir que ela aconteça é manter os clientes à frente e no centro de tudo o que você faz", pontua.

3. Seja disruptivo

De acordo com a presidente, a verdadeira inovação requer compreender profundamente o ecossistema em que você  e a sua empresa ou negócio  opera e "aplicar tecnologias, processos ou parcerias de maneiras únicas com o intuito de criar soluções sobre as quais ninguém pensou ou implementou antes", aponta.

Colaborar, seja com clientes, fornecedores e qualquer parte interessada no negócio, é a maneira mais segura e simples de impulsionar a inovação ao longo de todo o processo, na opinião de Mojdeh, "desde a pesquisa, até o desenvolvimento e a produção, e de novas soluções em produtos a modelos de negócios disruptivos", comenta.

4. Proteja seu investimento em pesquisa e desenvolvimento (P&D)

P&D é visto como o coração de toda boa estratégia de inovação. "É crucial para líderes de negócios proteger os investimentos da empresa em P&D, independentemente dos desafios de desempenho enfrentados no mercado ou dentro da própria empresa", afirma Mo.

Sendo assim, cortar investimentos nessa área nunca é um bom negócio. No curto prazo, pode parecer uma boa ideia, mas as consequências podem ser cruéis.

5. Crie um senso de urgência

"Atualmente, o mundo está mudando a um ritmo acelerado", afirma a executiva, completando que estamos no meio de um ciclo sem precedentes de novas tecnologias disruptivas que estão alterando profundamente a maneira como vivemos e trabalhamos. "Líderes precisam gerar um senso de urgência em torno da necessidade de inovação contínua e ser ambiciosos para enfrentar o problema mais desafiador de seus clientes ou mercados", observa Mojdeh.

6. Aposte nos seus pontos fortes

Para Mojdeh, o impacto de inovar é sempre melhor quando profissionais apostam no que eles sabem fazer de melhor. "Priorize e alinhe seus esforços de inovação às suas principais capacidades e às oportunidades mais atraentes do mercado. Tire proveito dos seus pontos fortes únicos, incluindo a diversidade da sua força de trabalho, capacidades operacionais e organizacionais, bem como seu legado de marca, só para citar alguns", diz ela.

7. Aceite os riscos

Quando funcionários se sentem à vontade para tomar decisões e assumir riscos, esse é o ambiente de trabalho mais propício para a inovação — claro que, se feito de forma responsável, aponta Mojdeh. "As melhores ideias estão em algum lugar entre a criatividade pura e o realismo", comenta a executiva.

Por fim, aponta Mojdeh, a melhor maneira de ser inovador é sempre parar de falar muito e botar a mão na massa  e esse último ponto vale tanto para empresas quanto para profissionais de qualquer área e nível de atuação.

O segredo é arriscar. Afinal, você nunca vai saber se não fizer, não é mesmo?

Serviço

Friends of Tomorrow Conference

Data: 5 de agosto (sábado)

Horário: das 9h15 às 18h30

Local: Teatro Gamaro  Rua Dr. Almeida Lima, 1176  Mooca 

Ingressos à venda pelo site www.aeroli.to/conference

Via The BRIEF

Cupons de desconto TecMundo: