Mesmo mais discreta que a maioria das empresas do setor, a Alcatel ainda parece bem dedicada a se manter ativa no mercado mobile brasileiro. A marca anunciou novas edições dos smartphones A5 LED e A3 XL – ambos lançados nos primeiros meses deste ano.

Segundo o comunicado oficial da companhia, a ideia do lançamento da versão MAX de ambos os dispositivos é satisfazer certas necessidades do consumidor local: mais espaço em disco. Sim, o diferencial dessa nova dupla de celulares é que eles têm um armazenamento interno duas vezes maior do que o dos aparelhos originais. O restante do hardware? Esse, continua exatamente igual.

Os dois aparelhos agora têm o dobro de armazenamento interno

Para Clarissa Lettieri, product manager da empresa no Brasil, a mudança de apenas 16 GB para 32 GB de espaço visa uma melhor experiência do consumidor com os produtos da marca – principalmente os “heavy users de mídias”. Segundo a Alcatel, o apreço do público local pelo WhatsApp e outros mensageiros pode explicar a necessidade de mais armazenamento – já que os apps do tipo costumam encher o gadget de arquivos compartilhados nas conversas.

“Em média, o brasileiro tem 20 aplicativos instalados no celular. Nós costumamos usar muitas mídias, fotos, vídeos, aplicativos e tudo isso consome grande parte da memória interna do aparelho”, se aprofunda o diretor geral da TCL Communication no Brasil, Fernando Pezzotti. Com isso em mente, o executivo acredita que o projeto corresponde a “uma linha turbinada” dos principais produtos da casa.

Disponibilidade e preço

De acordo com a fabricante, os novos smartphones Alcatel A5 MAX LED EDITION e Alcatel A3 XL MAX já estão disponíveis em pré-venda , tanto na loja online da Alcatel quanto nas principais redes de varejo e operadoras de telefonia. O A5 MAX sai por R$ 1.099 e A3 XL MAX custa R$ 899. E aí, você acha que esses são bons preços para celulares de entrada?

Cupons de desconto TecMundo: