Já tem algum tempo que os smartphones da Meizu vêm chegando ao Brasil através da Vi, representante oficial da empresa chinesa no nosso país. O último a aparecer por aqui foi o Meizu M3 Note, que carrega uma bateria de 4.100 mAh.

Nesta segunda-feira, a empresa usou o Twitter para anunciar o Meizu M5, seu novo aparelho intermediário de preço baixo. As vendas do celular começam em novembro e, pelo menos por enquanto, estão limitadas ao mercado chinês.

Não espere configurações impressionantes do Meizu M5, especialmente nessa faixa de preço, que começa em 699 yuan (R$ 330) na versão mais simples e vai até 899 yuan (R$425) no modelo com 3GB de RAM e 32GB de armazenamento. No entanto, o aparelho não fica muito atrás dos concorrentes.

Ele tem um corpo de policarbonato disponível nas cores verde menta, preto fosco, champagne ouro, branco glacial e azul safira; bateria de 3070mAh, sensor de digital para desbloqueio, câmera de 13 megapixels com abertura f/2.2 e uma tela de 5,2 polegadas com resolução 720p. O chip é um MediaTek MT6750 1,5GHz de oito núcleos.

O Meizu M5 é o sucessor direto do Meizu M3, lançado em abril deste ano. Ele roda o Yun OS 5.1, um sistema operacional chinês baseado no Android. Não há informações sobre um possível lançamento em outros países.

Meizu M5

  • Tela: 5,2" HD 720p
  • Processador: MediaTek MT6750 1,5 GHz de oito núcleos
  • RAM: 2 GB (3 GB no modelo mais avançado)
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Câmera traseira: 13 MP
  • Armazenamento: 16 GB (32 GB no modelo mais avançado)
  • Bateria: 3.070 mAh
  • Sistema: Yun OS 5.1
  • Extra: Entrada para dois chips e cartão microSD de até 128GB

Cupons de desconto TecMundo: