AmpliarNo Twitter, Dotcom publica foto de abraço entre Biden e Dodd e dispara: "Eu sei o que vocês fizeram". (Fonte da imagem: Reprodução/Twitter)

Meses após o encerramento do Megaupload, o criador do site, Kim Dotcom, faz uma revelação audaciosa. Ele garante ter ouvido de “fontes confiáveis” que a ordem para encerramento de um dos maiores sites de compartilhamento do mundo foi dada diretamente pelo vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

Em entrevista ao site TorrentFreak, o empresário afirma que a motivação teria sido a estreita relação entre Biden e Chris Dodd, diretor da Motion Picture Association of America (MPAA), associação que representa a indústria cinematográfica estadunidense.

“Eu sei de uma fonte confiável que foi Joe Biden, o melhor amigo do ex-senador e chefe da MPAA Chris Dodd, quem ordenou a seu ex-advogado e agora procurador do estado Neil MacBride derrubar o Mega”, relatou Dotcom.

Ordem direta da Casa Branca

O criador do Megaupload teria ainda investigado a lista de presentes em uma reunião realizada na Casa Branca, na qual Biden e Dodd teriam participado juntamente com o presidente dos EUA, Barack Obama, ou alguns de seus assessores diretos. O encontro teria ocorrido em junho de 2011.

Da reunião, teriam participado ainda diretores de grandes estúdios, como Sony, Disney e Universal, além de Michael Ellis, advogado especializado em extradição. O motivo da presença de Ellis seria o fato de Dotcom residir na Nova Zelândia.

Se confirmadas, as revelações ressaltam a grande força do lobby de Hollywood na Casa Branca. A prática, que consiste no “investimento” em setores estratégicos do governo por algum interesse, é legal nos EUA (no Brasil, isso é proibido). Em um relatório de 2011, a MPAA divulgou ter investido US$ 400 mil dólares (algo como R$ 800 mil) em diversos órgãos estatais do país norte-americano, inclusive na vice-presidência.

Fonte: TorrentFreak

Cupons de desconto TecMundo: