No mês passado, você deve ter visto uma notícia informando que Kim Dotcom, o fundador do Megaupload, estaria gravando um disco de rap – mesmo estando preso por lavagem de dinheiro e participação no crime organizado. E se você estava pensando que isso era apenas uma brincadeira, está na hora de saber que tudo isso era verdade. 

E a canção não é sobre a vida atrás das grades ou sobre as leis de direitos autorais que tentam impedir Kim Dotcom de perseguir com seu trabalho.O grande alvo das rimas de Dotcom é o político neozelandês John Banks. O fundador do Megaupload afirma ter doado cerca de US$ 38 mil para a campanha de Banks, quando ele concorria à prefeitura de Auckland. Ao mesmo tempo, Banks nega qualquer envolvimento com o empresário preso. 

O refrão da música diz o seguinte: “Nada para ter medo / nada para esconder! /Ele é o prefeito / então está tudo certo! / Ele é John Banks / tem todos os votos. / E é por isso que Key o mantém flutuando / em seu barco de repolhos!”.

Nota: o nome “Key” dito na música é uma referência ao atual primeiro ministro da Nova Zelândia, John Key. E a expressão “Barco de repolhos” ou “Cabbage boat” é um termo que representa “estupidez”.

Fonte:  Ars Technica

Cupons de desconto TecMundo: