(Fonte da imagem: Reprodução/Telegraph)

SOPA, PirateBay, Megaupload, PIPA, direitos autorais, Kim Dotcom... Todos esses termos fazem parte de uma mesma discussão que está sendo travada há alguns meses. No começo de janeiro, Kim (fundador do site de compartilhamento Megaupload) foi preso sob a acusação de lavagem de dinheiro e facilitação da pirataria (o que teria causado prejuízos de 500 milhões de dólares para estúdios).

Agora, Dotcom afirma que deveria estar sendo protegido pela mesma lei que protege Google e YouTube, a DMCA (Digital Milleniun Copyright Act), que prevê que os sites não podem ser responsabilizados por ações dos usuários. Kim afirma ainda que a principal função de seu serviço é facilitar o compartilhamento de arquivos, a pirataria seria apenas uma utilização indevida.

O fundador do site já avisou que não pretende deixar a Nova Zelândia para se exilar em países onde não há risco de extradição. Certamente, a discussão ainda vai demorar um bom tempo até que seja totalmente resolvida.

Cupons de desconto TecMundo: