(Fonte da imagem: Reprodução/BitVoucher)

Além de anunciar novos serviços para o Mega, Kim Dotcom também informou através do Twitter que o site de armazenamento de arquivos na nuvem já está aceitando pagamento através de Bitcoins – uma moeda P2P virtual criptografada que não é apoiada por nenhum governo.

Apesar de o serviço oferecer gratuitamente 50 GB de armazenamento, os usuários podem adqurir planos pagos, que vão de 500 GB a 4 TB de armazenamento. O Mega já aceitava dinheiro tradicional para a aquisição destes planos. Agora, quem quiser pagar com Bitcoins poderá adquiri-los através do BitVoucher, um revendedor de serviços do Mega.

(Fonte da imagem: Reprodução/Twitter)

A taxa de câmbio de um Bitcoin é de quase 20 euros (52 reais aproximadamente). Com planos de filiação começando em 9,99 euros por mês (26 reais, em média), isso significa que você poderá adquirir um plano do Mega com apenas meio Bitcoin.

No momento, não está sendo possível adquirir nada diretamente do site. Em vez disso, você pode comprar planos através dos muitos varejistas autorizados pelo serviço. O uso de Bitcoins (a “moeda da internet”) pelo Mega faz todo o sentido, já que a organização nunca foi amigável com os governos. Além disso, a moeda realiza transições criptogradas, o mesmo método usado no serviço de Dotcom.  

Cupons de desconto TecMundo: