Você já vê há anos as possibilidades das impressoras 3D para a medicina, mas com certeza vai se surpreender com a nova aplicação da tecnologia pela Stratasys e pelo Jacobs Institute (JI) em parceria com o Kaleida Health’s Gates Vascular Institute e a University at Buffalo.

As equipes desenvolveram modelos do sistema vascular cerebral completo do ser humano  impressos em 3D. Isso garante que médicos realizem treinos cirúrgicos antes de fazer o procedimento em um paciente com quadro complexo de aneurisma, por exemplo.

Como a cirurgia é bastante delicada, o treinamento é mais que bem-vindo até para saber dos riscos da operação, buscar estratégias diferentes (já que o angiograma original é usado como modelo para a impressão) e até explicar melhor para a pessoa quais são os passos envolvidos.

Até mesmo o material consegue replicar algo similar ao que é encontrado no cérebro humano: os polímeros são fotossensíveis, recriando mais ou menos a sensação de mexer em algo orgânico para que o treino não fique tão diferente da hora de colocar a mão na massa. Por enquanto, não há resultados concretos sobre o uso das impressões 3D nessa área, mas os médicos envolvidos são só elogios para a novidade.

Cupons de desconto TecMundo: