A Sony está ajudando um grupo de cientistas da Universidade de Standford (Califórnia, EUA) em uma missão longa e complicada: a cura do Alzheimer. Essa "mãozinha" vem por meio de dois aplicativos que utilizam o poder de processamento de aparelhos como PlayStation 3 e smartphones Xperia.

O Folding@Home utiliza o hardware dos gadgets para ajudar nas simulações de enrolamento de proteínas feitas pelos cientistas nos EUA. Esses estudos simulam e analisam este processo para entender o que está errado nele e o que faz o Alzheimer se desenvolver.

A esperança da Sony e da universidade é que os usuários façam o download dos apps nos seus respectivos sistemas e contribuam na aceleração de todo esse processo. De modo contrário, os cientistas teriam que gastar milhões e milhões de dólares em supercomputadores e servidores — e também horas incontáveis dentro do laboratório para tudo funcionar na medida certa.

Como funciona

O processo de enrolamento de uma proteína é extremamente rápido — ele acontece em milionésimos de segundos. Por isso, a Sony acredita que você pode ajudar os cientistas enquanto dorme ou descansa, apenas deixando o app usar o poder de processamento dos gadgets para realizar as simulações e enviar os dados aos cientistas via WiFi.

Caso você seja um usuário de smartphone Xperia e queira baixar o aplicativo, é preciso seguir uma recomendação: é necessário deixar o celular ligado a um carregador para ele não descarregar. Além disso, é necessária uma rede WiFi constante. O Folding@Home funciona em smartphones e tablets com versão 4.4 (KitKat) ou superior.

Se você ficou interessado em ajudar na busca da cura do Alzheimer, faça o download do Folding@Home na Google Play.

Cupons de desconto TecMundo: