(Fonte da imagem: Reprodução/TheAtlantic)

Nova Deli, capital da Índia, é a cidade com uma das maiores densidades demográfica do mundo. E tal título certamente implica em alguns problemas sociais e sanitários, intensificados por uma saúde pública deficitária. Julgamentos à parte, as autoridades de saúde indianas têm um assunto muito sério para se preocupar: a super-bactéria que contém o gene “New Delhi metallo-beta-lactamase 1” — que é resistente a mais de 15 antibióticos de amplo espectro.

O fato foi anunciado em uma reportagem feita pelo jornal estadunidense The Atlantic, na qual é afirmado que essa bactéria super-resistente foi encontrada não só em poças e locais de pouca higiene sanitária em torno de Nova Deli, mas também em várias locações que fornecem água para a metrópole. Treze por cento dos germes verificados apresentaram o gene NDM-1.

(Fonte da imagem: Reprodução/IndiaZooms)
Os médicos têm tido muito pouco para fazer no tratamento dos pacientes infectados pela bactéria que chegam aos hospitais. Nos casos mais graves, os profissionais utilizam um coquetel de antibióticos, chamado “carbapenes”, que consegue combater apenas um pouco o NDM-1 — que tem se mostrado quase “impenetrável”.

A situação pode ser um reflexo da falta de leis para mediar o uso de antibióticos na Índia. Enquanto a distribuição indiscriminada dos medicamentos e a falta de posologia correta não forem atributos tratados com mais seriedade, mais cenários como este estão sujeitos a acontecer.

Cupons de desconto TecMundo: