A diabete é uma das doenças com maior crescimento de casos no mundo atualmente: 1 em cada 11 pessoas possui a doença, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). Se você é diabético, sabe o quão incômodo é medir a taxa glicêmica várias vezes ao dia. Se os rumores estiverem corretos, a Apple pode trazer uma revolução para ajudar os usuários.

Os rumores são bem superficiais, mas sabe-se que Steve Jobs idealizou há muitos anos uma tecnologia que pudesse coletar dados de glicemia de uma pessoa sem necessitar retirar sangue. Muitos anos se passaram, e a Apple ainda está empenhada nesse projeto, com uma equipe de biomédicos e bioengenheiros que se dedicam a inovar e apresentar boas ideias.

Medir o nível de açúcar no sangue é incômodo atualmente

Com isso em mente, há boatos de que a Apple conseguiu (ou está conseguindo) um método para mensurar o nível de glicemia dos usuários sem a necessidade de coletar sangue. Outro rumor indica que, caso a tecnologia avance bem, esse recurso pode ser implementado futuramente no Apple Watch.

Indícios apontam que a Maçã está testando o novo recurso em um grupo controlado de pessoas. Segundo a teoria, trata-se de um sensor ótico que, aliado a uma luz forte, consegue analisar e processar informações subcutâneas, ou seja, coletar dados sob a pele apenas com uma tecnologia avançada e não invasiva.

Trata-se de um sensor ótico de alta qualidade que analisa informações sob a pele, segundo o rumor

Por se tratar de um rumor, é difícil dizer se há alguma previsão ou até mesmo se o projeto verá a luz do dia. Porém, se os boatos se confirmarem, a Apple terá um recurso que nem mesmo a medicina avançada tem hoje em dia e que pode facilitar a vida de milhões de pessoas. A Google havia anunciado um produto similar há três anos, mas nunca mais liberou nenhuma informação.

Cupons de desconto TecMundo: