O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, tirou uma hora do dia na última terça-feira (30) para responder aos mais variados questionamentos na rede social. Ao todo, foram cerca de 50 mil comentários, 6 mil compartilhamentos da postagem original e 233 mil curtidas — números impressionantes até mesmo para o dono do serviço.

A "entrevista" envolveu projetos futuros do Facebook, a rotina e os pensamentos de Zuckerberg e até alguns momentos de bom humor. Porém, o que se destacou mesmo foi a participação de algumas celebridades.

Tudo bem que as perguntas podem não ter sido espontâneas, mas a interação foi divertida e certamente atraiu mais gente para o bate-papo. Zuckerberg foi paciente, atendeu a vários pedidos e mostrou um lado bem humorado, além da seriedade com que gerencia a companhia.

For the next hour I’ll be here answering your questions on Facebook. Our Townhall Q&As are an important way for me to...

Posted by Mark Zuckerberg on Terça, 30 de junho de 2015

Abaixo, confira os melhores momentos e as melhores respostas dessa interação. Você pode acessar toda a postagem de Zuckerberg por este link (todo o conteúdo está em inglês).

Arnold Schwarzenegger

"Mark, eu sempre digo às pessoas que ninguém é tão ocupado para não se exercitar, especialmente se papas e presidente acham tempo. Você deve ser um dos caras mais ocupados do planeta e gerações de jovens provavelmente se identificam mais com você do que com o papa. Por isso, me conte como você encontra tempo para treinar e como é a sua dieta. Ah, e as máquinas vão vencer?", perguntou o fisiculturista, ator e político.

"Ficar em forma é muito importante. Fazer qualquer coisa requer energia e você tem muito mais energia quando está saudável. Eu malho ao menos três vezes na semana, normalmente é a primeira coisa que faço quando acordo. Também levo meu cachorro para passear quando consigo, o que tem a vantagem de ser hilário, pois ele parece um esfregão correndo. E, não, as máquinas não vencem :)", respondeu o fundador da rede social.

Stephen Hawking

"Eu gostaria de conhecer uma teoria unificada para a gravidade e as outras forças. Para quais grandes questões na ciência você gostaria de ter a resposta e por quê?" foi a questão enviada pelo pesquisador mundialmente reconhecido. A resposta?

"Eu estou mais interessado em questões sobre pessoas. O que nos permitirá viver para sempre? Como curamos todas as doenças? Como o cérebro funciona? Como o aprendizado acontece e como podemos aprimorar os humanos a aprenderem milhões de vezes mais? Também estou curioso sobre a existência de um fundamento matemático que governe o relacionamento social humano sobre com quem e o com o que nós nos importamos. Acredito que haja algum", respondeu Zuckerberg.

Arianna Huffington

A escritora que fundou o The Huffington Post surgiu com uma provocação interessante. "O Facebook teve um grande papel na indústria das publicações digitais nos últimos anos. Baseado no que você aprendeu, como você acha que a forma com que jornalistas e empresas de notícias mostram os textos online vai evoluir nos próximos anos? Em que tipo de produtos você está focado nessa área?", perguntou.

A resposta foi otimista e animadora. Basicamente, Zuckerberg falou que os conteúdos estão mais ricos, com uma expansão na área de vídeos, e que imersões em realidade virtual vão crescer. Além disso, na área de velocidade e frequência, ele avisou que haverá espaço tanto para quem publica notícias curtas rapidamente quanto para os trabalhos mais longos e que exigem grandes pesquisas.

A melhor resposta

Porém, o que mais chamou a atenção (e recebeu curtidas) foi um comentário curto e direto sobre um usuário que perguntou a Zuckerberg como ele reagiria se "acordasse na manhã seguinte e o Facebook não existisse mais".

"Eu construiria ele", afirmou o empresário.

Cupons de desconto TecMundo: