Os ransomwares estão nas categorias de malwares mais perigosos e, para a infelicidade dos usuários do MacOS, algumas versões de ransomwares programadas em Swift, a nova linguagem da Apple, já estão soltas e mirando computadores. Uma delas se chama "Patcher" e está escondida em arquivos de sites que compartilham torrents para download.

Nem pagando os arquivos são liberados

A ESET, que encontrou o ransomware, postou todos os detalhes de como ele funciona no próprio blog. Como você vai checar nas imagens, os cibercriminosos simularam a aparência do vírus como produtos Microsoft Office ou aplicativos da Adobe Creative Cloud.

Assim que o ransomware é aberto no MacOS, os arquivos do computador são encriptados — ou seja, bloqueados — e o documento exige um pagamento em bitcoins para a liberação. Acontece que, mesmo após pago, os documentos não são liberados, segundo a ESET.

Veja nas imagens:

Arquivo ransomware

Página inicial do ransomware

Após o download

Cupons de desconto TecMundo: