A disputa pelo título de “melhor loja de aplicativos” acaba de ganhar mais um episódio. Quem protagonizou “as cenas” foram as duas maiores e mais populares opções do segmento, a Play Store, da Google, e a App Store, da Apple. A trama, dessa vez, envolve uma pesquisa que revela a popularidade e o rendimento a partir de cada uma das alternativas no terceiro trimestre de 2014.

Quem revelou esse estudo foi a App Annie, empresa especializada em consultoria e pesquisas de mercado envolvendo as lojas de aplicativo. Os resultados foram bastante interessantes e apresentaram números muito curiosos.

Segundo a pesquisa que avaliou a quantidade de downloads em cada uma das lojas no terceiro trimestre de 2014, a Play Store se saiu melhor, superando em 60% a concorrente da Apple. O outro lado moeda avaliou o rendimento em cada uma das alternativas e, dessa vez, a App Store superou a concorrente.

O número, mais uma vez, ficou na casa dos 60%, ou seja, um app na loja da Apple costuma render até 60% mais do que a opção da Google. A pesquisa também apontou a lista de países que mais realizaram downloads por loja de aplicativo. Destaque para o Brasil, que ficou em segundo colocando nos resultados da Play Store.

Tem explicação para isso?

Uma possível explicação para esses números curiosos é a região onde cada uma das lojas é mais popular. No Brasil e na Índia, por exemplo, há um crescimento constante no número de usuários do sistema Android, mas, por se tratarem de mercados emergentes, a população tende a não gastar muito com as compras online dentro dos aplicativos.

Nos Estados Unidos, onde o App Store é mais popular, as pessoas costumam fazer aquisições de extras dentro dos apps. A presença de outros países desenvolvidos, como o Japão e o Reino Unido, também é uma possível explicação do porque os aplicativos na loja da Apple rendem mais. Essa, no entanto, parece ser uma explicação fraca, principalmente considerando que os preços praticados não são exorbitante e não flutuam muito de um mercado para outro.

Games imperam, mas apps de redes sociais e comunicação crescem

A pesquisa também indicou que os games ainda imperam na Google Play e estão experimentando um crescimento massivo nas lojas da Apple, principalmente em mercados como os Estados Unidos e Coreia do Sul. Porém, apps relacionados às redes sociais e comunicação estão ganhando espaço.

O Facebook Messenger foi uma das alternativas que recebeu um grande acréscimo no número de download. A razão do aumento é óbvia e todos que foram forçados a migrar para o mensageiro da rede social já perceberam o motivo. A pesquisa também aponta que o mesmo aconteceu com o Swarm, aplicativo do Foursquare para marcar encontros casuais.

Graças aos resultados revelados por essa pesquisa, é possível levantas algumas questões interessantes para discussão de como o mercado ser comportará nos próximos meses: será que a Google será capaz de manter a liderança na quantidade de download e reverter o quadro de rendimentos?

Ou a Apple conseguirá aumentar o número de apps baixados com suas opções exclusivas e manterá a boa receita dos seus aplicativos? E cadê o Windows Phone? Deixe sua opinião nos comentários!

Cupons de desconto TecMundo: