Agora não há mais volta: o fim do painel LCD está próximo. A Samsung já havia anunciado a ampliação de fábricas para fornecer telas OLED. Agora, a LG declarou que vai injetar US$ 8,47 bilhões (quase R$ 30 bi) na própria linha de fabricação para ampliar o desenvolvimento, produção e implementação de telas OLED até 2018.

Isso também significa que estamos prestes a passar por mais uma revolução dos televisores. Vamos lembrar algumas, se você não está lembrado: de preto e branco para cores, tubo para tela plana, 480p para 1080p, plasma e LCD, analógico e digital. No momento, estamos passando pela fase "trocar a TV de LCD pela de LED".

De acordo com informações da Reuters, a ideia da LG é ampliar a linha de televisores OLED. Ainda, os planos incluem os novos smartphones top de linha com telas flexíveis — e que também utilizam a mesma tecnologia.

A primeira vez que a LG trouxe o OLED foi no aparelho G Flex, que contava com um painel flexível construído a base de substrato de plástico. O G Flex 2 também apresenta a nova tecnologia, mas com maior qualidade de imagem.

O que você acha da nova onda OLED chegando aos televisores e smartphones? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: