Atualmente, o Galaxy S6 domina o mercado no que diz respeito a desempenho bruto — muito disso em parte devido ao fato de ele ser o único produto de sua categoria a ser produzido em um processo de 14 nanômetros. No entanto, o produto em breve deve receber um oponente de peso fabricado pela LG, que aposta no chip NUCLUN 2 para se destacar.

O hardware em questão é a segunda geração do esforço da companhia de construir um smartphone baseado em um sistema proprietário — a primeira geração, vista no LG G3 Screen, não era exatamente conhecida por seu alto desempenho. No entanto, benchmarks revelam que a nova versão do produto deve ser ainda mais poderosa que o Exynos 7420 da Samsung.

Relatos informam que o chip une quatro núcleos Cortex-A72 a núcleos Cortex-A53s, com um grande desempenho em threads individuais. Vale notar que, embora o Geekbench seja uma boa medida para julgar o desempenho geral de um hardware, ele está longe de representar o comportamento real do produto que é analisado.

Ainda não há qualquer informação sobre a GPU que a LG pode adotar em seu novo processador, tampouco há dados sobre o consumo energético do hardware. A expectativa é a de que o NUCLUN 2 vá começar a aparecer em dispositivos comerciais a partir do final deste ano ou do início de 2016.

Cupons de desconto TecMundo: