(Fonte da imagem: OLED-Display.net)

O CEO da LG, Kwon Young-soo, anunciou na última sexta-feira (22 de julho) que a companhia irá lançar uma televisão OLED de 55 polegadas até a metade de 2012. Segundo ele, não há mais motivos para que a empresa continue a se focar na produção de telas pequenas e médias que fazem uso da tecnologia.

Kwon afirma que o principal motivo para a decisão é o fato de que as telas OLED possuem mais defeitos e limitações do que a tecnologia AH-IPS usada nos displays LCD da companhia. Além disso, o desenvolvimento da tecnologia OLED para portáteis é pouco lucrativo quando comparado a outros produtos usados pelo setor.

Com isso, o novo foco da LG passa a ser o desenvolvimento de displays com a tecnologia para aparelhos de grandes dimensões. O CEO admite que inicialmente esse tipo de produto terá produção limitada, porém espera que o crescimento da demanda justifique a expansão das linhas de montagem, o que vai permitir a montagem em alta escala dos novos aparelhos.

Setor ameaçado

Kown Young-soo, CEO da LG (Fonte da imagem: What Hi-Fi?)O anúncio foi feito junto à divulgação dos resultados obtidos pela companhia durante o segundo trimestre de 2011. Além de ter reduzido seu custo operacional, a LG obteve um aumento de vendas de 13% em comparação com os números divulgados no começo do ano.

Atualmente, a venda de televisores corresponde a pouco menos da metade dos lucros da LG, setor que se vê ameaçado por uma competição que abaixa cada vez mais o preço dos aparelhos. A produção de telas OLED com grandes dimensões pode ser um diferencial que ajudará a empresa a aumentar seus lucros nesse seguimento.

Cupons de desconto TecMundo: