A LG publicou hoje o seu relatório fiscal para o terceiro trimestre de 2016 e preocupou os investidores. A divisão mobile da companhia registrou perdas milionárias pelo sexto semestre seguido, tendo gerado prejuízo de US$ 405 milhões entre julho e setembro deste ano. Apesar disso, as demais divisões da corporação conseguiram compensar o rombo, fazendo a LG como um todo lucrar US$ 250,9 milhões no período.

As demais divisões da corporação conseguiram compensar o rombo

Ainda assim, esse lucro é 3,7% menor do que o registrado no terceiro trimestre de 2015 e 51,6% menor que o feito no segundo trimestre do ano atual. A divisão de aparelhos domésticos lucrou US$ 300 milhões, e o setor de TVs trouxe US$ 333,8 milhões para o caixa. Todos esses valores são referentes a lucros operacionais e perdas operacionais.

Em seu relatório, a LG disse que o rombo de US$ 405 milhões no setor de smartphones e outros aparelhos mobile se deve a “vendas de dispositivos premium menores do que o esperado e a gastos relacionados a atividades de melhoria na estrutura dos negócios”. Considerando o fracasso do LG G5 SE no Brasil e o também do LG G5 tradicional no exterior, esses resultados não são exatamente uma surpresa.

Efeito Moto Z?

É possível também que a Lenovo tenha prejudicado mais recentemente as vendas do top de linha da LG com o lançamento dos Moto Z, que possuem capacidades modulares muito mais avançadas e mais módulos para os compradores adquirirem. Essa questão modular era justamente o grande atrativo do aparelho da coreana.

Essa questão modular era justamente o grande atrativo do aparelho da coreana

Para o próximo e último trimestre deste ano, a LG aposta no V20 (muito bem avaliado pelos reviews internacionais) e nas suas linhas intermediárias. Vale destacar que o último trimestre do ano normalmente traz bons frutos para todas as fabricantes de smartphones por conta do Natal.

“Entre as prioridades para o último trimestre do ano estarão o aumento das vendas do novo LG V20 e dos intermediários das linhas K e X, além da finalização das melhorias na estrutura do negócio mobile para deixá-lo melhor preparado para os desafios futuros”, especificava o comunicado oficial.

Não há nenhuma informação confirmada sobre isso, mas é possível que “melhorias na estrutura do negócio mobile” possa significar demissões coletivas nessa divisão. Será que a LG consegue se reerguer no mercado de smartphones?

Cupons de desconto TecMundo: