O LG Watch Urbane 2nd Edition LTE ficou apenas seis dias disponível nas lojas antes que a LG decidisse cancelar as vendas e retomar os estoques do aparelho. Na ocasião, a fabricante alegou que a retirada dos relógios não foi motivada por questões de segurança, mas sim por conta de um componente defeituoso que poderia impactar negativamente a experiência dos usuários com o passar do tempo. Agora, a companhia revelou exatamente qual era o problema.

Segundo uma declaração enviada pela coreana ao Telegraph, o smartwatch contava com um tipo de tecnologia de tela que jamais havia sido utilizada em um dos equipamentos vestíveis da empresa, um display P-OLED com resolução de 480x480 pixels. No entanto, a fabricante afirma que a realização de testes agressivos de milhares de horas em condições severas revelou que o componente poderia impactar a qualidade da imagem ao longo da vida útil do aparelho.

“Gostaríamos de deixar bastante claro que a falha em questão não tem relação com a segurança do aparelho ou do usuário. É, simplesmente, um problema que pode afetar a experiência de uso do LG Watch Urbane 2nd Edition no longo prazo. Agradecemos aos nossos consumidores e fãs por sua compreensão de que não tomamos essa decisão levianamente”, afirmou a fabricante.

Futuro incerto

Por enquanto, ainda não se sabe se a LG pretende fazer um recall completo das unidades vendidas do Watch Urbane 2nd Edition e se tem a intenção de lançar uma variante revisada do dispositivo. Seja como for, o cancelamento da distribuição do primeiro smartwatch com conectividade LTE certamente terá impactos pesados para a empresa.

O que você achou da decisão da LG de fazer o recall do Watch Urbane 2nd Edition LTE? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: