O TecMundo analisou o smartphone LG L90 Dual, o aparelho mais avançado da linha L de aparelhos intermediários. Ele faz parte da mesma série de outros modelos que nós também já analisamos, incluindo o L70 Dual e o L80 Dual TV. Será que vale a pena investir neste celular, que chegou ao mercado brasileiro custando entre R$ 699 e R$ 799?

É o que nós descobriremos! Para isso, fizemos uma série de testes com o smartphone da fabricante coreana para que fosse possível trazer as impressões mais precisas. Confira agora todos os detalhes desta análise!

O smartphone foi cedido por empréstimo pela loja Cissa Magazine para a realização desta análise.

Design

Quanto ao aspecto visual, temos alguns elogios para ele. Os botões físicos do aparelho são bem distribuídos e de fácil acesso — tanto o botão de ativação que está no lado direito quanto os de volume na esquerda da tela. Os botões capacitivos, que ficam logo abaixo do visor, também apresentam simplicidade no acesso e bastante velocidade nas respostas.

Como nos outros aparelhos da série L, as bordas do L90 são bem evidentes, mas isso não atrapalha na utilização do gadget nem mesmo na reprodução de vídeos. A verdade é que quem já viu o restante da linha L deve notar facilmente que o design é idêntico — existem diferenças nos tamanhos das telas utilizadas, mas nenhum diferencial propriamente dito.

As similaridades do L90 com outros da mesma série é tanto positiva quanto negativa. O smartphone traz os mesmos aspectos estéticos que já haviam sido elogiados em outros momentos, mas ao mesmo tempo pode trazer um pouco de insegurança aos consumidores. Isso acontece porque a construção traseira dele é bastante escorregadia, o que pode atrapalhar a utilização.

Tela

A LG lançou o L90 com tela de 4,7 polegadas e ela se encaixa muito bem no design do smartphone. O problema é que a resolução dela pode deixar um pouco a desejar para os consumidores mais exigentes. Com 960x540 pixels, funciona bem para a reprodução de vídeos e exibição de fotos, mas games e apps HD ficam um pouco abaixo do esperado.

Por outro lado, é preciso dizer que não é tão fácil observar os pixels estourados na tela, o que torna o L90 melhor do que outros aparelhos de entrada ou intermediários, como o L70 da própria LG — lembrando, é claro, que o L90 não tenta competir com Galaxy S5, LG G3 ou outros aparelhos com tela de altíssima definição.

Desempenho

Com recursos de hardware bem competentes, o L90 pode executar qualquer aplicativo com bastante facilidade, podendo até mesmo rodar alguns games de alta qualidade, como Modern Combat 4. Vale lembrar que ele não é um aparelho top de linha, mas mesmo assim seus componentes oferecem bons resultados.

O processador Qualcomm MSM8226 Snapdragon 400 quad-core é o mesmo que equipa o Motorola Moto G — com o mesmo clock de 1,2 GHz, inclusive —, sendo que a memória RAM de 1 GB também é a mesma. Tudo isso colabora para fazer com que o smartphone se saia bem em grande parte de suas atividades.

Uma vantagem dele em relação a outros smartphones é a memória interna. São 4 GB de acesso total para os consumidores — não sendo prometidos 4 GB e disponibilizados menos da metade dessa quantia. Isso significa que arquivos podem ser salvos e apps instalados sem problemas, havendo ainda a possibilidade de usar cartões de expansão para documentos.

Especificações técnicas

Benchmarks

Fizemos uma série de testes com o L90 Dual para que fosse possível comparar o aparelho com outros smartphones da mesma faixa de preço. Confira agora mesmo como ele se saiu em relação aos principais competidores do mercado — utilizamos os celulares Motorola Moto E e Moto G, além do L80 Dual TV, da própria LG.

Interface e aplicativos-padrão

Além dos apps padrão do Android, o LG L90 também é vendido com softwares do pacote LG, todos funcionando com bastante qualidade. Quanto à interface LG UI 3.0, também é preciso dizer que há muita fluidez no desempenho, e isso faz com que a experiência de utilização seja bem mais interessante.

Ela funciona de uma maneira bem leve, e isso se estende também aos widgets, que podem ser instalados e ativados nas telas principais. Os recursos QuickMemo e qSlide são alguns dos destaques do sistema, pois permitem rápidas anotações e até mesmo interações dinâmicas com capturas de tela, além de acesso simples a diversos apps.

Recursos adicionais

O smartphone L90 Dual conta com suporte para dois chips e isso é muito bom para quem quer aproveitar promoções de mais de uma operadora. Vale dizer que a alternância dos chips ocorre de uma maneira bem simples, sendo necessário apenas pressionar um botão capacitivo que está logo abaixo da tela.

Outro grande recurso é o Knock Code, um dos trunfos da LG nos últimos anos. Ele permite a ativação da tela com muito mais segurança e rapidez, pois exige apenas que o usuário dê alguns toques no display, ainda desligado.

Para quem tem muitos amigos curiosos, também existe uma grande vantagem no “modo convidado”, que permite a criação de contas mais limitadas, mantendo a privacidade da conta principal intacta. Vale dizer que o modo convidado só pode ser acessado se o seu desbloqueio for por padrões — não sendo possível utilizar o “Knock Code”.

Multimídia

O LG L90 oferece rádio FM para os consumidores, além de ser capaz de reproduzir arquivos MP3 com muita qualidade. Como acontece em grande parte dos celulares, a reprodução de graves é limitada, mas isso não chega a ser um problema em nenhum momento. Com os fones de ouvido originais, a qualidade dos graves também deixa a desejar — sendo necessário optar por fones melhores se você quiser mais fidelidade no áudio.

Talvez um problema do aparelho seja a ausência de TV digital. Vários dispositivos da linha L possuem o recurso, mas o L90 fica devendo nesse quesito, mesmo possuindo o hardware mais avançado.

Câmera

O aplicativo de controle de câmera do L90 foi alterado pela LG e ficou bem interessante. Ele traz uma série de configurações que permitem mais precisão nos resultados, incluindo a aplicação de efeitos e opções de disparo automático. A captura acontece de uma maneira rápida e o foco automático também garante boas velocidades para os consumidores.

Quanto aos resultados é preciso dizer que tivemos experiências medianas em nossos testes. As capturas se mostraram boas, mas em modos de alta resolução foi possível perceber problemas relacionados à nitidez. Alguns ruídos podem ser vistos em algumas imagens mais escuras — como acontece com grande parte das câmeras de smartphones. Em relação à câmera frontal não há nenhuma reclamação ou destaque.

Bateria

Em nossos testes a bateria do smartphone se comportou extremamente bem. A reprodução de conteúdos multimídia pode ser realizada com bastante frequência, assim como diversos aplicativos e até mesmo a navegação na internet. Mesmo em situações que exigem mais poder de processamento, ela não baixou de níveis drasticamente e mostrou que os consumidores dificilmente ficarão sem carga em um dia inteiro de utilização.

Vale a pena?

O L90 pode ser encontrado no Brasil por preços sugeridos entre R$ 699 e R$ 799. Em termos de desempenho, o L90 se parece muito com o Moto G, tendo alguns recursos inferiores, como a resolução de tela. Há alguns pontos que poderiam ser melhores no aparelho, é claro, mas você precisa pensar nas suas necessidades antes de se decidir.

Se você procura por um celular multimídia e acha que TV digital é essencial, opte por outro modelo, como o L80 TV ou o Moto E. Por outro lado, se você quer um dispositivo intermediário e abre mão desse recurso, o L90 pode ser uma boa opção no mercado.

O smartphone LG L90 Dual pode ser adquirido na loja Cissa Magazine pelo preço de R$ 767,43 (consulta em 15 de agosto de 2014).

Cupons de desconto TecMundo: