Enquanto os consumidores brasileiros receberam há algum tempo alguns dos mais recentes lançamentos da empresa quando o assunto são laptops e soluções compactas de alto desempenho, a Lenovo se prepara para lançar lá fora uma nova leva de desktops com hardware de cair o queixo. Anunciados nesta terça-feira (16) durante a gamescom, o IdeaCentre Y710 Cube e o all-in-one IdeaCentre Y910 prometem estar completamente preparados para o VR – além de trazer um design bem diferente do convencional.

O primeiro dos equipamentos está sendo chamado pela fabricante de um verdadeiro devorador de console, já que, em sua versão mais refinada é capaz de rodar mesmo os jogos mais pesados com uma fluidez garantida. Embora essa edição de ponta tenha um processador Intel Core i7 Skylake, até 32 GB de memória RAM DDR4 e um combo de HD de 2 TB e SSD de 256 GB de respeito para viabilizar a jogatina em alto nível, é a presença da cobiçada GeForce GTX 1080 que habilita o brinquedinho a operar a 4K e dar suporte à realidade virtual.

Para garantir uma variedade mais ampla de ofertas ao público, a fabricante chinesa revelou que haverá outros modelos do Y710 Cube, como um que troca a placa da NVIDIA pela GTX 1070, iniciando em 1.699 euros (R$ 6,1 mil), e outro mais humilde, que deixa o VR de lado e deve custar por volta de 899 euros (R$ 3,2 mil). Seja qual for a opção escolhida, o conjunto chega dentro de um gabinete robusto e com linhas bastante arrojadas – conforme é possível conferir na galeria acima –, algo que deve agradar bastante os gamers de plantão.

Desempenho e praticidade

O segundo item é feito mais para aquele pessoal que não tem medo de se desfazer do seu PC atual para investir uma grana em um computador completo, cheio de recursos e que ocupe pouco lugar na bancada. Assim como seu irmãozinho, o Y910 é anunciado pela Lenovo como um equipamento mais do que preparado para os jogos e aplicativos de realidade virtual. Isso significa que as configurações mais avançadas são as mesmas do Y710, com o diferencial de, no all-in-one, tudo estar embutido em um display de 27 polegadas QHD (2560x1440 pixels).

Mais uma vez, a chinesa preferiu não soltar o preço do aparelho em sua versão mais parruda, se limitando a dizer que a edição com a GTX 1070 não deve sair por menos de 2.199 euros – pouco mais de R$ 7,9 mil em conversão direta, sem impostos. Ainda que o kit não permita chegar aos 4K sem a adição de um monitor secundário dando suporte à tecnologia, deve ser possível brincar com os seus games favoritos em um 2K crocante, a 144 Hz e a uma taxa de quadros por segundo capaz de colocar muitos desktops atuais no chinelo.

No caso do Y910, a Lenovo vai disponibilizar a opção de substituir as peças da NVIDIA por uma AMD Radeon RX 460, que, apesar de trazer um desempenho inferior às soluções da concorrente, deve render um bom desconto no valor final do PC. Segundo o anúncio da empresa no evento alemão, a ideia é que essa nova leva de equipamentos já chegue com o Windows 10 instalado e esteja disponível entre setembro e outubro. Como já era esperado, ainda não há qualquer perspectiva para que esses lançamentos cheguem ao Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: