Na manhã desta quinta-feira (10), a Lenovo resolveu fazer um encontro em São Paulo para promover algumas de suas novas linhas de produtos, mostrando que o mercado brasileiro ainda representa um filão importante para a empresa, nos mais variados segmentos. Por meio de seus executivos, a fabricante falou sobre notebooks, 2 em 1 e soluções do tipo all-in-one, trazendo itens que vão desde hardwares de entrada a máquinas robustas para o setor corporativo – ou para quem puder pagar o preço, claro.

Quem deu início à conversa foi Silvio Stagni, presidente da Lenovo Brasil, que explicou um pouco do peso que 2016 tem para a marca. Em comemoração aos dez anos de atividade da companhia em solo brasileiro, o executivo afirmou que foi um passo importante trazer esse primeiro evento de apresentação de um novo portfólio de produtos ao país – que é um dos três locais a abrigar um centro de inovação da Lenovo. Com isso, a ideia do projeto foi dar uma prévia de alguns dispositivos anunciados durante a última CES.

Assim, em seguida, foi a vez de Hilton Mendes e Sergio Friedheim, respectivamente diretor de produto e diretor de marketing, revelarem quais eram os itens de destaque da vez – entre modelos prestes a chegar por aqui ou disponíveis há pouco tempo. Ao todo, são seis novos aparelhos que procuram oferecer diferentes combinações de resistência, conforto e desempenho para atrair os mais diversos públicos. São opções tanto para quem busca uma plataforma de lazer ou estudos quanto para quem quer computadores portáteis premium.

Um pouco de tudo

“Trazemos pela primeira vez uma série de equipamentos que ditam as tendências que devem mudar o modo como as pessoas interagem com os seus dispositivos”, analisou Mendes ao falar das novidades. O sucesso dos dispositivos 2 em 1 – inaugurados pela Lenovo em 2011 – foi tão grande, por exemplo, que acabou dando origem à família Yoga. A série evoluiu bastante desde então e agora apresenta sal versão 900s, contemplando especificações bem avançadas em um “corpinho” enxuto.

O sucessor do Yoga 900 é um notebook híbrido com corpo fabricado em fibra de carbono e que ostenta número bem atraentes, como 12,8 milímetros de espessura e pesando 999 gramas. Apesar das medidas, o hardware é parrudo: tela de 12,5 polegadas com resolução QHD (2560x1440 pixels), processador Intel Core M7 de segunda geração e uma bateria com autonomia de até 10,5 horas. O preço da peça não foi revelado, mas não deve se afastar muito do modelo anterior – que pode ser encontrado por valores entre R$ 9 mil e R$ 11 mil.

Outro produto apresentado no evento e disponibilizado para ser manuseado no local foi o Ideapad Y700, voltado para o público fã de jogos. A máquina, que sai por cerca de R$ 12 mil no varejo, tem display de 15 polegadas Full HD (1920x1080), processador Intel Quad Core i7 de sexta geração e uma placa de vídeo GeForce GTX 960M, da NVIDIA, com 4 GB de memória dedicada.

O kit é relativamente leve para uma máquina gamer – com cerca de 2,6 kg – e oferece outros mimos, como armazenamento SSD e alto-falantes estéreo JBL. A câmera RealSense, da Intel, capaz de detectar profundidade e produzir imagens tridimensionais, também está presente no brinquedinho, permitindo o uso do recurso em títulos desenvolvidos especificamente para serem jogados com comandos gestuais.

Notebook gamer Y700 da Lenovo com a tecnologia RealSense da Intel integrada ao kit #tecmundo #lenovo

Um vídeo publicado por TecMundo (@tec_mundo) em

Os clássicos ThinkPads

O destaque do dia, no entanto, ficou com a apresentação da linha ThinkPad X1, que conta com nada menos do que quatro modelos de computadores portáteis e foi um dos pontos altos da empresa na CES 2016. De acordo com o diretor de produto da marca, apesar de esses itens serem bastante diferentes entre si, ainda preservam elementos bem característicos do nome ThinkPad, como a robustez, desempenho e busca por inovação.

A primeira versão a dar as caras no encontro foi o X1 Yoga, um 2 em 1 ultrafino com os tradicionais quatro modos de uso da marca e uma caneta do tipo stylus para tornar o manuseio mais preciso em alguns desses formatos. O X1 Tablet, por sua vez, é uma verdadeira central de acessórios opcionais. O dispositivo pode ser destacado a qualquer momento do teclado que acompanha o conjunto e conectado a módulos que oferecem bateria adicional, câmera mais potente ou até mesmo um projetor com capaz de gerar imagens em 60 polegadas.

O novíssimo ThinkPad X1 Tablet, anunciado na CES 2016, com o módulo projetor conectado #tecmundo #lenovo

Um vídeo publicado por TecMundo (@tec_mundo) em

O terceiro membro do grupo é o ThinkCentre X1, um all-in-one com 11 milímetros de espessura pronto para acabar com a bagunça na mesa dos consumidores, já que exige apenas um fio para alimentar o conjunto de PC, display de 23,8 polegadas, teclado e mouse. Por último, o ThinkPad X1 Carbon surge como o mais fino notebook do segmento corporativo, com tela de 14 polegadas e pesando pouco mais de 1 kg, além de trazer um belo hardware por baixo da carcaça ultrarresistente.

O plano é que a maioria desses produtos tenha lançamento simultâneo no Brasil e no resto do mundo, devendo aparecer nas lojas ainda neste primeiro semestre de 2016 – infelizmente, ainda sem preço definido. Questionado sobre o motivo de a Lenovo estar apostando no Brasil em um momento tão frágil da economia, Hilton Mendes explicou que esse é um passo essencial para alavancar a tecnologia e a presença da marca por aqui, fazendo jus ao lema “Never Stand Still” (“Nunca Fique Parado”) da atual campanha da empresa.

Você já testou algum produto da linha de computadores da Lenovo? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: