Se você já viu algum designer trabalhando, deve saber como uma mesa digitalizadora funciona. Basta escrever ou desenhar em uma prancha que parece um tablet (porém sem tela) e você enxerga o resultado no computador. Contudo, o futuro é dos smartphones, e o pessoal da OTM Technologies, de Israel, sabe disso.

Eles desenvolveram a caneta Phree e colocaram o projeto no Kickstarter. Até o momento, a equipe já arrecadou mais de US$ 330 mil (mais ou menos R$ 1 mihão), batendo a meta de US$ 100 mil (algo entre R$ 300 mil). Ainda faltam 36 dias para o encerramento da campanha. Será que veremos um recorde?

A Phree é uma caneta que parece ter sido construída pelo Inspetor Bugiganga. Um pouco larga, ela possui uma pequena tela e se conecta com o seu smartphone. Seu modo de agir é simples: pareada com o aparelho, basta escrever em qualquer superfície — sério, até no seu braço —, que você vai enxergar o resultado no celular. Além disso, ela apresenta notificações de mensagens e emails que você recebe por meio do display diminuto.

A OTM ainda diz que o eletrônico não se limita ao smartphone, podendo ser conectado em tablets, notebooks, televisores e qualquer gadget com conexão bluetooth e funcionalidades de textos e desenhos. O Phree é compatível com programas e aplicativos como Office, OneNote, EverNote, Acrobat, Google Handwritting Keyboard, Viber etc. Outras funcionalidades permitem que ele emule um mouse e um headset bluetooth.

Se você ficou interessado, a caneta tem 142 mm de altura, 18 mm de largura, 8,5 mm de espessura e 30 gramas de peso.

O valor mais barato para garantir a sua Phree no Kickstarter é de US$ 128 (R$ 385). Felizmente para os desenvolvedores, as encomendas neste preço já estão esgotadas. Agora, para conseguir um modelo, é preciso desembolsar US$ 168 (R$ 500). Já se você quiser comprar três unidades mais uma caixa, o valor é de US$ 599 (R$ 1,8 mil).

Cupons de desconto TecMundo: