Curtir um joguinho online com os amigos geralmente é bem mais divertido do que se sentar sozinho e passar horas na frente do PC ou do video game em sessões de jogatina sem ter quem xingar ou zoar após uma vitória épica – ou depois de matar aquele chefão que deu trabalho para cair. Os visionários empreendedores chineses, sempre com ótimo faro para oportunidades de negócio, deram um jeito de resolver o problema dos jogadores solitários do país asiático ao oferecer os serviços de belas acompanhantes gamers.

Isso mesmo, as meninas não estão lá para fazer qualquer coisa sem-vergonha ou realizar desejos dos safadinhos de plantão – a não ser que a vontade for ter uma moça bonita jogando com você. Segundo o site Want China Times, a alta procura dos clientes por companhias desse tipo tem atraído bastante a atenção das universitárias chinesas, principalmente as que procuram uma graninha extra e preferem os jogos ao “atendimento usual” oferecido por acompanhantes.

Divulgação/Sina Weibo

De acordo com as informações do jornal, as moças cobram cerca de 20 a 100 yuan por hora – R$ 10 a R$ 50, aproximadamente – para curtir algumas partidas com os jogadores. Algumas das mulheres mais engajadas na cultura gamer oferecem também a opção de ensinar o contratante a jogar, demonstrando tudo através de streaming e chats de vídeo. Apesar disso, o dono de uma das empresas que agencia essas garotas afirma que “se uma mulher tem a voz mais doce, isso faz mais sucesso do que qualquer habilidade que ela tenha com jogos”.

Ele diz ainda que não é raro que algumas de suas contratadas tenham uma renda média de R$ 1,5 mil por mês, embora as melhores nesse ramo consigam fazer por volta de R$ 4 mil todos os meses. Claro que as empresas que fazem a mediação entre as acompanhantes e os jogadores não ficam de fora e abocanham sua parte nos lucros. Pelo que foi levantado, as agenciadas têm que repassar um valor entre 5% a 10% do que ganham para os patrões.

Muitos dos envolvidos nesse tipo de prestação de serviço na China acreditam que há espaço para um crescimento dos negócios, mas a falta de regulação e a proximidade com a prostituição – dependendo do que rolar depois da contratação para “jogar” – acabam prejudicando o cenário das acompanhantes gamers no momento.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: