Gosta de jogar video games? Pois saiba que já está disponível no Brasil um projeto inédito de game testing coletivo, o Gamer Trials. Os interessados se inscrevem gratuitamente em um programa de teste de jogos e experimentam games brasileiros que ainda estão em desenvolvimento. Em troca, os participantes concorrem a games e descontos que variam de 5% a 15% na Nuuvem, plataforma de distribuição de jogos. As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site oficial do projeto.

A plataforma já conta com 5 mil testadores que foram aparecendo espontaneamente. Segundo Eduardo Regis, CEO do Gamer Trials, “a ideia é oferecer o produto primeiro aos desenvolvedores brasileiros, para auxiliar a indústria de desenvolvimento de jogos nacionais, mas podemos testar qualquer jogo”, explicou em nota para a imprensa.

“Um desenvolvedor que necessite saber a receptividade do público para seu jogo antes do seu lançamento poderá se utilizar de nosso sistema para fazer validações de mecânicas junto ao seu público específico, o que ajudará nas vendas. Ou um game que necessite de dublagem, por exemplo, para localização, poderá ser testado antes para ver se as vozes escolhidas agradam os jogadores”, finalizou.

Proposta do Gamer Trials é testar jogos para receber descontos e até outros jogos em troca

Os títulos disponibilizados para teste são enquadrados na forma de “Quests”, estas que duram cerca de duas semanas. À medida que os gamers forem reportando bugs ou fornecerem sugestões, e eles forem aceitos pelos desenvolvedores do game, os testadores juntam pontos. Aí, no final da Quest, os testers mais dedicados serão premiados com jogos completos para PC, mobile e outras plataformas.

Todo usuário que submeter pelo menos um bug ou uma sugestão aproveitada já ganhará um desconto de 5% em qualquer título do catálogo da Nuuvem, podendo chegar a 15% e são cumulativos.

A mais recente Quest ou Missão já começou, com o game In Extremis. Criado pelo designer Leonardo Ferreira, o game é um frenético shoot-em-up que tenta reimaginar o gênero dos jogos naves com experimentação visual, sonora e narrativa.

O jogo tenta fugir do padrão, com fases e inimigos lineares, e coloca o jogador em uma viagem psicodélica cheia de referências e com muita ação estilo arcade. Os melhores testadores dessa missão poderão receber os games completos Geometry Wars 3: Dimensions, Battleborn e System Shock 2.

Já foram definidas também as próximas missões. São dois títulos da Double Dash Studios: o primeiro é Project Neon, um jogo de plataforma e puzzle, com level design inteligente e desafios mentais que exigem coordenação e reflexos. Sua premissa é simples, porém intrigante: o jogador controla um ser feito de energia que precisa restaurar o equilíbrio energético de cada fase usando suas flechas de luz.

Já o segundo é Racketboy, um game de ação clássica estilo arcade, que mistura os gêneros shoot-em-up com block breaker, em cenários surreais feitos em pixel-art. Munido de apenas uma raquete de tênis, o jogador terá de rebater projéteis inimigos pela tela para superarem diversos obstáculos.

Como funciona?

A função dos testadores é colaborar para a melhoria dos jogos, fornecendo feedback direto para os desenvolvedores. É preciso manter o olho aberto para encontrar bugs na interface, bugs de segurança, erros de digitação, glitches, qualquer travamento ou problema que impeça o funcionamento correto. Isso além de, é claro, sugerir melhorias. E atenção: serão necessárias provas físicas dos bugs encontrados, como capturas de tela, vídeos gravados ou informações dos registros do sistema.

Plataforma já conta com mais de 5 mil jogadores testando games

Para submeter um bug, basta acessar a conta pessoal no site oficial, clicar em Quests na parte superior da tela, escolher o título e clicar em “Reporte um Bug” na parte inferior. O jogador verá um formulário que precisará ser preenchido da forma mais completa e sucinta possível. Todas as recompensas recebidas ficarão listadas na página pessoal na conta de cada testador; é só pegar os códigos dos descontos ou dos jogos lá mesmo e se divertir depois.

Os desenvolvedores que tiverem interesse em inscrever seus projetos no Gamer Trials precisarão apenas visitar o site, clicar em “Para Companhias” na parte superior e se cadastrar gratuitamente. Não é mais preciso recorrer a grupos fechados ou fóruns, pois os desenvolvedores terão todos os relatórios e feedbacks integrados no mesmo lugar, disponíveis no fim da Quest.

Será possível também a análise dos dados de quem testou, perfil do público, sexo, idade, país, região, estado, e diversas outras leituras feitas no sistema, além de conversar direto com o target dos títulos.

Já pensou em testar jogos e receber outros jogos em troca? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: