Somente a loja Cydia permanece no Evasi0n7 (Fonte da imagem: Reprodução/Maypalo)

Com a repercussão de inúmeros problemas gerados pelo software de jailbreak Evasi0n7 para iOS 7, os criadores da ferramenta anunciaram que a loja de apps Taig foi retirada do pacote de desbloqueio. Com isso, usuários do software na China podem enfim atualizar seus jailbreaks em gadgets da Apple sem precisar manter a loja problemática em seus aparelhos. De acordo com relatos, a loja continha pirataria e gerava um fluxo de dados suspeito no aparelho quando era executada.

O que aconteceu

Muita gente que atualizou seus smartphones para o iOS 7 ou comprou novas versões do iPhone ou iPad já com o novo SO embarcado teve que esperar um bom tempo para fazer jailbreak em seus aparelhos. Mesmo depois da longa espera — se comparada à que aconteceu com versões anteriores —, os usuários ainda tiveram que se preocupar com problemas no software de jailbreak, até então o mais confiável da internet.

O Evasi0n7 instalava uma loja chinesa de apps com pirataria e ainda enviava dados criptografados para um lugar desconhecido quando era aberta. Fora isso, a versão da loja tradicional Cydia não era a oficial dos seus criadores.

No dia seguinte à liberação do jailbreak, o Evad3rs, grupo criador com Evasi0n, precisou responder a várias acusações e perguntas indigestas. Alguns usuários se mostraram bastante preocupados com a segurança em seus dispositivos e com a pirataria presente na loja Taig. Foi anunciado que a todo o conteúdo ilegal seria retirado do ar, mas, quando os desenvolvedores da Taig lançaram sua própria versão do Evasi0n7, a relação entre os dois grupos pareceu ter melado de vez. Hoje, a nova versão do jailbreak já não inclui a app store chinesa.

Até o momento, ainda não há detalhes sobre a legitimidade de loja Cydia, que acompanhava todos os jailbreaks do grupo sozinha até então. 

Cupons de desconto TecMundo: