Um dos maiores acertos da Apple em relação a seus produtos foi centralizar todos os recursos digitais no iTunes. Além de um simples player de música, o programa também serve como uma central de distribuição digital (o iTunes Store) para aqueles que possuem utensílios da empresa de Steve Jobs. Com isso, os usuários sentem-se estimulados a adquirir novos itens da marca para usufruir tudo o que é oferecido pela loja virtual.

A Sony, que já foi considerada a maior empresa de tecnologia do mundo e hoje sofre com os prejuízos causados pela crise econômica, decidiu então seguir os passos da Apple e lançar uma plataforma para disponibilizar conteúdos multimídias para todos os seus eletrônicos. Com o nome provisório de Sony Online Service (ou simplesmente SOS), o serviço é uma tentativa de unificar todos os seus produtos em torno de uma espécie de banco de dados digital.

Sony

A evolução da Playstation Network

A ideia inicial da Sony é combinar todos os hardwares da marca com o software da SOS, ou seja, permitir que o usuário possa acessar a loja online a partir de qualquer eletrônico da empresa. Na prática isso significaria a liberdade de poder, por exemplo, comprar filmes, músicas e até mesmo livros digitais através da sua Sony Bravia ou pelo seu leitor de Blu-ray.

Playstation NetworkPor ser um projeto financeiramente ousado, a Sony optou por uma reformular um serviço já existente para minimizar qualquer prejuízo e vai utilizar a Playstation Network (PSN) como o alicerce do novo serviço.

A PSN atualmente possui cerca de 33 milhões de usuários e já oferece jogos e filmes aos video games da empresa – o Playstation 3 e o Playstation Portable (PSP) – através de um sistema de contas. Com o Sony Online Service, novos conteúdos serão adicionados, o que o aproximaria da Xbox Live, que possui recursos semelhantes.

Tudo em um

Com apenas uma única conta, o usuário tem acesso a todos os conteúdos disponíveis, independente de fazê-lo do Playstation ou do laptop Vaio. Com isso, a Sony pretende atrair mais clientes e, assim, retomar a liderança no mercado tecnológico.

Além disso, a empresa acredita que permitir que televisões acessem este serviço de distribuição digital resulte em uma “evolução” no conceito de TV, já que elas continuarão a gerar lucros, mesmo depois da venda.

A Sony também está estudando a possibilidade de inserir também um serviço de assinaturas. As contas Premium, como estão sendo chamadas, vão permitir ao usuário acesso a conteúdo especial mediante pagamento. Apesar disso, as gratuitas continuarão a existir, mas com material limitado.

Sony Online Service versus iTunes

O principal objetivo da Sony Online Service é bater de frente com o iTunes. Como já foi dito anteriormente, a Apple utiliza a sua loja digital como forma de estimular as pessoas a utilizarem seus produtos. E é exatamente isso que a Sony pretende com o SOS.

Esquema de como o SOS funcionará

A proposta da empresa é dar mais atenção para a distribuição de conteúdo multimídia e menos no desenvolvimento de hardware. Não que isso signifique uma diminuição de investimentos e uma consequente queda na produção de aparelhos eletrônicos. O que a Sony pretende é focar mais em como seus produtos são utilizados ao invés de apenas disponibilizá-los.

Como o iTunes Store só pode ser acessado através de computadores e poucos aparelhos da Apple (como o iPod Touch e o iPhone), o novo recurso da Sony pode abalar a hegemonia de Steve Jobs. A possibilidade de conectar-se à SOS de qualquer aparelho eletrônico da empresa permite que um número maior de usuários utilizem serviço e em qualquer lugar. Apenas isso já basta para que os dois já sejam considerados grandes concorrentes.

O SOS da Sony

A Sony Online Service vem como uma reação da gigante japonesa diante da crise econômica mundial em 2008, além da queda nas vendas em anos anteriores. Com a SOS, a empresa pretende reverter esta situação.

Segundo Kaz Hirai, executivo-chefe da Sony, somente a Playstation Store (loja virtual da PSN) deve movimentar um total U$ 50 milhões entre 1 de Abril de 2009 até 31 de Março de 2010. Como a Playstation Network ainda possui uma variedade limitada de conteúdo, é de se esperar que a Sony Online Service lucre ainda mais nos próximos anos, já que passará a atender públicos variados.

Cupons de desconto TecMundo: