Podcasters insatisfeitos puderam colocar a boca no trombone durante uma reunião às portas fechadas junto da Apple, informou o The New York Times. Segundo o periódico, sete dos publicadores mais populares da iTunes foram encorajados a expressar suas reclamações em “termos francos” à empresa de Cupertino.

Como principal queixa se destacou a impossibilidade de geração de receita a partir dos downloads de assinaturas feitos por meio da loja de mídias da Apple. Para os podcasters, o problema se dá devido à restrição imposta sobre os dados dos ouvintes. “A falta de informações sobre o podcast é algo meio chocante”, teria dito um dos convidados. As opções de compartilhamento e integração entre redes sociais a partir da iTunes foram também abordadas de modo crítico e descritas como “pesadas”.

Puxa-saquismo

Outra reclamação feita pelos convidados foi a aparente falta de meritocracia usada durante os processos de promoção. De acordo com o NYT, os podcasters são “relegados a cortejar um funcionário específico da Apple para que possam conseguir a melhor promoção”. Eddy Cue, executivo responsável por gerir os serviços e software da iTunes, não participou da franca reunião, mas se encontrou, depois, com os representantes da Apple  que registraram as queixas.

Eddy Cue não participou da reunião com os podcasters.

“Temos mais pessoas focadas no podcast do que nunca, incluindo engenheiros, editores e programadores. Podcasts têm um lugar especial aqui, conosco”, afirmou Cue em nota ao The New York Times. Nenhuma promessa aos sete convidados teria sido feita pela Apple.

...

Quais podcasts você acompanha via iTunes? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: